Lucas ressalta as perdas de ontem para o Brasil e para Sergipe

LucasAs mortes do dia de ontem foram lembradas pelo vereador Lucas Aribé (PSB) na manhã desta quinta-feira, 14/8, na Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), durante o Pequeno Expediente da Sessão. “Deixo meu último abraço e últimas homenagens a esses seres que representam mais um divisor de tempo e de história para a nossa sociedade. Foi assim quando perdemos o governador Marcelo Déda, homem que iniciou o processo de mudança para nós. Agora, temos uma perda gigantesca do homem, do ser humano que é Eduardo Campos. Antes de ser político, ele era um pai de família que deve ser enaltecido”, disse Aribé.

O parlamentar destacou que Campos e Pedrinho Valadares, que também estava no avião que caiu em Santos na manhã de ontem, usavam a política para fazer o bem. “A grandeza do homem da política é o que ele realiza como cidadão. A política serve para fazer o bem, demonstrar o lado humano de quem decide exercer um papel para o povo e, se todos os políticos fizessem isso teríamos um Brasil melhor. Eduardo Campos e Pedrinho Valadares eram exemplos disso. De amor ao próximo. E é isso que fica. A tragédia de ontem vai doer no peito durante muito tempo, quem sabe para a vida toda”, destacou.

Lucas também lembrou de Rogério, cantor sergipano que morreu na madrugada de ontem após ter problemas de saúde e fazer tratamento em São Paulo. “Homenageio o cantor Rogério, o ser humano Pedro Rogério. Pai de família, profissional da música, sergipano com orgulho”, ressaltou. Ele ainda completou a necessidade de aproveitar o momento para relembrar a desvalorização dos artistas sergipanos. “A música local ainda é desvalorizada. Não reconhecemos os nossos músicos, mas valorizamos quem vem de fora. Infelizmente, os artistas de outros estados recebem na hora, mas os sergipanos não. Tem que ralar e sofrer para receber o que lhe é de direito. É um desrespeito”.

Ao final do seu discurso, Aribé reforçou o lado humano dos cidadãos que morreram no acidente em Santos e do cantor estanciano. “Gostaria de enfatizar o lado humano desses cidadãos. Conheci todos eles. Toquei com Rogério, recebi conselhos de Campos e conversei muitas vezes com Pedrinho. Eles marcam a história daqueles que ainda acreditam que existem pessoas justas no mundo, que a política tem solução, que fazer o bem é possível, que basta querer para se construir um país melhor para os cidadãos. Essas pessoas são exemplos de responsabilidade, justiça e ética. Deixo o meu abraço para essas figuras e para as suas famílias”, destacou.

Por Tirzah Braga, assessora de imprensa do parlamentar

Foto: Acrisio Siqueira

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: