Mais de 1,4 mil empresas foram abertas em Sergipe neste ano

O processo de abertura de uma empresa em Sergipe passou por modificações e vem se tornando menos burocrático a cada dia, principalmente após os projetos Agiliza Sergipe e Jucese 100% Digital. A Junta Comercial de Sergipe (Jucese) tem sido protagonista nesse quesito, sendo a responsável pelos principais trâmites juntos aos órgãos públicos essenciais para a abertura de empresa no estado.

Para se ter ideia, neste ano, mesmo em meio à pandemia da Covid-19, o órgão já contabiliza 3.818 aberturas de novas empresas. Um detalhe chama a atenção, destas, 1.463 foram abertas em questão de segundos, através da modalidade deferimento automático.

Essa modalidade de registro empresarial tem facilitado a vida de quem pensa em abrir um negócio. Ela consiste na aprovação da consulta prévia de viabilidade do nome empresarial e da localização, além da utilização de um contrato padrão estabelecido pelo Departamento Nacional de Registro Empresarial (DREI).

Com o deferimento automático, a abertura pode ser feita a qualquer hora do dia e da noite e pode levar um tempo de até 12 segundos, a depender, é claro, da velocidade da Internet. É uma ferramenta ágil, segura e prática.

Nesse sentido, o Governo do Estado tem papel fundamental, principalmente quando o assunto é a melhoria tecnológica com o intuito de facilitar a vida do empresário e também do contador. Outro dado que chama a atenção nesses 11 meses do ano diz respeito ao saldo positivo entre empresas abertas e fechadas. De 1º de janeiro a 30 de novembro deste ano, foram abertas 3.818 novas empresas contra 2.387 fechamentos, ou seja, um saldo ascendente de 1.431 aberturas.

Foto: Jucese

Fonte: ASN

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...