Ministério público discute situação das famílias que moram em galpões

Foto-ok-click-galpoesA situação das famílias que residem nos depósitos nas ruas Amapá e Espírito Santo, no bairro Siqueira Campos na capital, foi discutida na Promotoria do Consumidor e Relevância Pública do Ministério Público Estadual.

O objetivo é rever quem já foi beneficiado em outros programas sociais e garantir para estas pessoas o auxilio moradia, com o valor mensal de R$ 300,00 até construir sua moradia definitiva.

A audiência foi conduzida pela promotora de justiça Mônica Dantas e contou com a participação da primeira dama do Estado e Secretária da Inclusão Eliane Aquino e Silvanei de Jesus pereira que representou o MOTU, além do Procurador Geral de Justiça Orlando Rochadel, que no inicio da audiência foi dizer aos presentes que o Ministério Público quer resolver o problema.

Segundo Silvanei o MOTU, não foi buscar auxilio moradia, em nenhum espaço, o movimento está exigindo, é moradia digna e justa para às famílias. “Estranhamos o Estado, com essas informações dizendo que o movimento está sendo ilegítimo.

Acrescenta que o auxilio moradia foi ofertado e nós queremos é uma moradia definitiva para todas às famílias. Sabemos que um conjunto habitacional foi iniciado e sua construção têm mais de Três anos e até agora nada”, informa.

Já a Secretária de Estado da Inclusão Social Eliane Aquino, informou que no primeiro momento a finalidade, é tirar essas pessoas dos galpões, principalmente as crianças e os idosos. “Recebemos o cadastro da prefeitura e ainda estamos checando. Não tenho essa confirmação, estamos trabalhando completamente articulado com a Prefeitura de Aracaju e as pessoas que forem encontradas cadastradas pelo órgão municipal, perderão o benefício do estado, mas não temos isso comprovado.

O auxilio moradia, é para quem realmente necessita”, ressaltou.

Por: Eron Ribeiro(Jornalísta) Foto:click sergipe

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...