Morre o cantor e sanfoneiro “ Edigar do Acordeon”

A cultura sergipana perde mais um filho. Faleceu na manhã desta terça-feira, dia 30 de junho de 2020, vítima do coronavírus “COVID-19”, o cantor e sanfoneiro “Edigar do Acordeon”.  Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Cirurgia  em Aracaju.

De acordo com a filha do artista, Rejanne Costa, o seu pai tinha passado mal decorrente a uma gripe forte e foi levado as pressas dia 17 de junho para a Urgência do IPES e como o quadro se agravou, foi transferido para a UTI do Hospital Cirurgia onde veio a falecer na manhã desta terça-feira, 30.

Como servidor público da Secretaria de Justiça do Estado de Sergipe (SEJUC), José Edigar da Silva, 73 anos, mais conhecido como “Edigar do Acordeon”, exercia a função de motorista desde 1985 e era pau para toda obra. Ou seja : gostava muito de ajudar as pessoas.

Com 55 anos de carreira, o cantor e sanfoneiro Edgar do Acordeon, vai deixar saudades. Natural do município de Malhada dos Bois deixa uma lacuna na cultura sergipana.

Por: www.imprens1.com

Fotos: Foto: Felipe Goettenauer   e SEJUC/SE

Fonte  dos vídeos : Youtube

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: