Imprensa1
Site de notícias do jornalista radialista Marcos Couto

Mulher é agredida após ser confundida como um travesti

f1No início da manhã desta segunda-feira, dia 19 de setembro, a jovem Geilza da Mota, de 29 anos, foi agredida em um posto de combustível, após ser confundida como sendo um travesti.

De acordo com o informações da jovem Geilza ao site imprensa1.com, o fato ocorreu por volta das duas horas da manhã, depois que saiu de uma casa de show, localizada no bairro Coroa do Meio, zona sul de Aracaju. E ao chegar à loja de conveniência de um posto de combustível, foi destratada por dois rapazes, que a confundiu como sendo um travesti.

Segundo Geilza, os dois jovens identificados pela polícia como sendo Ricardo Almeida, de 25 anos e Marcelo Rosa dos Santos, de 28, a seguiu até um segundo posto de combustível na Av. Francisco Posto, no Bairro 13 de Julho, e lá, realizam as agressões físicas “ Em sua mão direita, no braço, cabeça e perna”, alegando que a mesma era um travesti e devia um dinheiro a um deles.

f2Após vias de fato, o caso foi parar na Delegacia Plantonista (DEPLAN), no centro comercial de Aracaju. Os acusados ficaram presos e ficaram detidos por cerca de três horas, após serem ouvidos pelo delegado plantonistaWellington Rogério, foi feito um termo circunstanciado, o processo encaminhado a 1ª Delegacia, logo em seguida foram liberados .

A agredida, também foi ouvida pelo delegado Wellington e depois liberada, de posse da guia para realizar o exame de copo e delito. Os dois jovens não quiseram dar entrevista. Assista agora os vídeos do imprensa1.com     

 

Por: www.imrensa.com

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...