Imprensa1
Site de notícias do jornalista radialista Marcos Couto

Nitinho diz que a falta de segurança em Aracaju torna famílias prisioneiras

nitinhouu888O líder da oposição, vereador Nitinho (DEM), fez pronunciamento indignado, na manhã desta quinta-feira, 20/10, na Câmara Municipal de Aracaju, protestando pela falta de segurança pública na cidade.

“Peço o apoio do presidente desta Casa, vereador Emmanuel Nascimento (PT), para realizarmos um amplo debate, com as autoridades e pessoas de todas as correntes partidárias, sobre os problemas decorrentes da falta de segurança pública em Aracaju”, apelou.

Preocupado, o vereador classificou a situação da capital como “insustentável”, relembrando as reclamações frequentes da população decorrentes da alta incidência de assaltos registrados na Orla da Atalaia e no bairro 13 de Julho, além de roubos de veículos e invasões a residências seguidas de latrocínios.

“Hoje, as famílias não podem mais sair de suas casas para fazer uma caminhada por medo de ser assaltado”, condenou. Nitinho também revelou preocupação com as crianças e adolescentes da periferia da cidade, que sofrem com o alto índice de proliferação de drogas como o crack.

“O Estado precisa criar mecanismos eficientes de combate ao tráfico de drogas”, reivindicou. “O governador Marcelo Déda precisa realizar concurso público com urgência para aumentar o contingente da Polícia Militar nas ruas”, apelou o vereador, argumentando que o Estado precisa exercer de forma mais efetiva o serviço de repressão ao crime.

“A população não aguenta mais tanta violência”, alegou Nitinho lamentou que, diante de tantas reclamações da população, que se sente refém dos bandidos, o comandante da Polícia Militar de Sergipe, coronel Aelson Rezende Rocha, não manifeste publicamente para prestar esclarecimentos à sociedade. “A população está acuada, com medo, aprisionada dentro das suas próprias residências”, comentou o vereador.

Segundo Nitinho, até o lazer da população ficou prejudicado, visto que, os bares e restaurantes da cidade têm sofrido assaltos e arrastões com grande frequência na noite aracajuana. “A situação está insustentável, criticou o parlamentar. O líder da oposição, vereador Nitinho (DEM), fez pronunciamento indignado, na manhã desta quinta-feira, 20/10, na Câmara Municipal de Aracaju, protestando pela falta de segurança pública na cidade.

“Peço o apoio do presidente desta Casa, vereador Emmanuel Nascimento (PT), para realizarmos um amplo debate, com as autoridades e pessoas de todas as correntes partidárias, sobre os problemas decorrentes da falta de segurança pública em Aracaju”, apelou.

Preocupado, o vereador classificou a situação da capital como “insustentável”, relembrando as reclamações frequentes da população decorrentes da alta incidência de assaltos registrados na Orla da Atalaia e no bairro 13 de Julho, além de roubos de veículos e invasões a residências seguidas de latrocínios.

“Hoje, as famílias não podem mais sair de suas casas para fazer uma caminhada por medo de ser assaltado”, condenou. Nitinho também revelou preocupação com as crianças e adolescentes da periferia da cidade, que sofrem com o alto índice de proliferação de drogas como o crack.

“O Estado precisa criar mecanismos eficientes de combate ao tráfico de drogas”, reivindicou. “

O governador Marcelo Déda precisa realizar concurso público com urgência para aumentar o contingente da Polícia Militar nas ruas”, apelou o vereador, argumentando que o Estado precisa exercer de forma mais efetiva o serviço de repressão ao crime.

“A população não aguenta mais tanta violência”, alegou Nitinho lamentou que, diante de tantas reclamações da população, que se sente refém dos bandidos, o comandante da Polícia Militar de Sergipe, coronel Aelson Rezende Rocha, não manifeste publicamente para prestar esclarecimentos à sociedade.

“A população está acuada, com medo, aprisionada dentro das suas próprias residências”, comentou o vereador. Segundo Nitinho, até o lazer da população ficou prejudicado, visto que, os bares e restaurantes da cidade têm sofrido assaltos e arrastões com grande frequência na noite aracajuana. “A situação está insustentável, criticou o parlamentar.

Fonte: Williams Moraes / Assessoria

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...