Nota de Repúdio – Prefeitura de Itabaiana

A Prefeitura de Itabaiana, através das suas secretarias de Comunicação e Saúde, vem a público manifestar o mais veementemente repúdio as afirmações mentirosas e maledicentes que estão sendo produzidas em veículos de comunicação descompromissados com a verdade e reproduzidas de forma vexatória nas redes sociais, dando conta de que o prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho, estaria acometido da Covid-19.

Da parte da secretaria de Saúde, sendo a cidade de Itabaiana a pioneira no estabelecimento de convênio de cooperação com a Universidade Federal de Sergipe; tendo sido o primeiro município a instalar um Centro de Combate à Covid-19, no qual já atendeu cerca de 25 mil pessoas; sendo Itabaiana também a primeira cidade a distribuir kits completos de proteção e higienização; sendo a cidade que mais realizou testes para identificar a contaminação pelo novo coronavírus; tendo sido, conforme informou a própria Universidade Federal de Sergipe, a primeira cidade sergipana a sair do pico e do platô do período pandêmico; bem como sendo o município que agiu de forma transparente em todos os momentos da pandemia, divulgando a contaminação de profissionais, inclusive da própria secretária da pasta, quando isso, de fato, ocorreu, não é aceitável que se criem factoides tentando imputar a uma equipe de profissionais qualificados e compromissados com a saúde da população a omissão, sob quaisquer circunstâncias, de informações dessa envergadura. Vale salientar que dos 11614 testes realizados em Itabaiana (o maior número proporcional do Estado e um dos maiores do País), 4530 foram detectados positivos e devidamente informados, inclusive, ao Ministério da Saúde. Portanto, a irresponsabilidade está em quem, de forma leviana, inventou uma suposta contaminação do prefeito com vistas a angariar proveitos nefastos com viés eleitoreiro e politiqueiro.

Já do ponto de vista da secretaria da Comunicação, cabe informar ao povo itabaianense e sergipano que a falsa notícia da contaminação do prefeito contaminou, na verdade, duas emissoras de rádio itabaianenses: Capital FM e Princesa FM. Ambas são ligadas, inclusive ideologicamente, a dois parlamentares estaduais que fazem oposição clara e amplamente pública ao prefeito Valmir de Francisquinho. Assim, as duas emissoras, irmanadas em uma operação absurda, passaram a insinuar a falsa contaminação como se isso fosse uma verdade, inclusive afrontando, de forma acintosa e agressiva, o próprio prefeito, o que fez com que moradores da cidade, que acompanhavam Valmir no instante em que ele foi covardemente provocado, intercederam em favor do gestor do município, defendendo-o das tentativas de provocação que tinham, no seu cerne, a clara intenção de buscar uma reação. O que as duas emissoras, unidas como nunca, tentaram fazer foi colocar em prática uma das teorias nascidas num dos piores momentos da humanidade, quando o planeta vivia a ameaça nazista. E, assim como naqueles sombrios tempos, os veículos tentaram se utilizar de uma tática nazista bastante conhecida – e também, graças a Justiça e as pessoas de bem, bastante combatida – de “repetir uma mentira mil vezes”, na expectativa de que ela se torne uma verdade. Esse tipo de atitude não condiz com o bom uso da comunicação social, que tem em seu âmago a defesa do interesse público e não dos interesses eleitoreiros e politiqueiros de A ou de B.

Diante do exposto, a Prefeitura de Itabaiana e as citadas secretarias informam que interpelarão judicialmente, nos moldes da lei, as referidas emissoras, seus proprietários e/ou representantes legais, os ditos profissionais que se prestaram ao papel de reproduzir mentiras, bem como também buscará Justiça para a devida punição daquelas pessoas que, de forma deliberada e mal intencionada, reproduziram ou vierem a reproduzir inverdades nas redes sociais.

Por fim, e em nome da população ordeira e trabalhadora de Itabaiana, a Prefeitura faz questão de se posicionar de forma clara: mentiras não passarão! Táticas nazistas execráveis não passarão! E a nossa certeza constante nessas afirmações se dá por nossa fé em Deus, primeiramente, e na capacidade de discernimento e de precisão analítica da Justiça do Estado de Sergipe.

Sem mais, agradecemos a atenção de todos e as palavras de apoio e solidariedade que não param de chegar até as vítimas dessa operação malévola, colocada em prática com óbvios interesses eleitoreiros e politiqueiros.

Prefeitura de Itabaiana

Secretaria de Comunicação

Secretaria de Saúde

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: