Novembro azul: saiba como apoiar quem está enfrentando a doença

Foto: Ascom/Hapvida

Um diagnóstico de câncer pode ser devastador em muitos sentidos, o câncer de próstata é considerado o mais comum entre os homens, e representa 29% dos diagnósticos da doença no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca). A importância de manter os exames e cuidados regularmente é fundamental para a prevenção e diagnóstico precoce.

O novembro Azul é um importante período de conscientização e informação a respeito do câncer de próstata, além de reforçar a necessidade de os homens cuidarem da saúde, uma vez que os aspectos culturais presentes na sociedade, tem alimentado a falsa ideia de que os homens são naturalmente fortes e não precisam de cuidados.

Segundo o Inca, os dados apontam para 65.840 novos casos, entre 2020 e 2022. Para enfrentar esse processo e as mudanças que ocorrem ao longo do tratamento, é fundamental a formação e fortalecimento de uma rede de apoio e o acompanhamento psicológico, segundo o psicólogo do Hapvida, Dr. Carol Costa.

“Desde a investigação e descoberta do diagnóstico, se faz necessário um acompanhamento psicológico, é um momento de muita fragilidade, muitos recebem esse resultado como um atestado de quase morte, não é assim que funciona, precisamos desconstruir um componente cultural aonde o homem acha que por conta de um exame vai perder sua masculinidade, ou sua posição enquanto homem, e sim mergulhar nesse apoio que a psicoterapia traz, para que a pessoa possa passar pelo tratamento de forma plena, e com a melhor positividade no sentido de cura”, elucida o especialista.

Ascom: Hapvida

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...