Imprensa1
Site de notícias do jornalista radialista Marcos Couto

“O Nordeste está unido pelo desenvolvimento social e econômico da região”, diz Fábio

Foto: Consórcio Nordeste

Pacto pela segurança, alíquota de ICMS e energia renovável foram algumas das pautas tratadas pelos governadores do Nordeste na primeira reunião do ano do Consórcio Nordeste, em João Pessoa, na Paraíba. O governador Fábio Mitidieri participou do encontro. Ficou acertado que cada governador irá apresentar três propostas de desenvolvimento até próxima quarta-feira, 25. As demandas de cada estado comporão documento que será entregue ao presidente Lula no fim da próxima semana.

Durante o encontro, os governadores construíram uma carta compromisso com o desenvolvimento do país. O texto enfatiza o compromisso com um novo ciclo de crescimento.

“Cooperação, planejamento integrado e desenvolvimento sustentável. É a articulação do Nordeste em torno desses princípios que faz com que estejamos prontos e conectados com o início de um ciclo político, econômico, ambiental, cultural e social virtuoso para o Brasil”, diz o documento.

Também foi proposto um Pacto pela Segurança Pública, integrando as polícias estaduais, suas soluções tecnológicas e gabinetes de inteligência, somando esforços com a Polícia Federal e o Ministério da Justiça e Segurança Pública.

A reforma tributária foi outro tema. Os governadores solicitam novo modelo de gestão fiscal, com instrumentos de políticas públicas para o desenvolvimento regional, evitando a disputa fiscal pela atração de investimentos.

“O Nordeste atual não é o mesmo de 50 anos atrás. Queremos mostrar que não somos problemas e sim solução. Vamos discutir compensação para as perdas que tivemos com o ICMS e fazer políticas de inclusão para cuidar das pessoas”, disse o governador da Paraíba João Azevêdo.

Fábio Mitidieri destacou a importância de unificar demandas regionais para que o apoio do Governo Federal seja melhor dinamizado. Ele explicou que não buscam moeda de troca por conta votação expressiva do presidente no Nordeste, e sim reconhecimento das potencialidades locais e investimentos.

As propostas de Sergipe que serão levadas para o encontro de governadores com o presidente são a finalização da duplicação da BR-101, do Canal de Xingó e construção da ponte entre Penedo (AL) e Neópolis.

“O Nordeste está unido pelo desenvolvimento social e econômico da região. Nossas demandas são obras estruturantes que ajudarão no projeto de desenvolvimento social e econômico pretendido para o estado, gerando emprego e fomentando o turismo. Confio na sensibilidade do presidente, que conhece a força produtiva de nossa região, e no trabalho dos ministros nordestinos. Temos ministros que foram governadores na região, sabem as dificuldades”, afirmou.

Por: Agência de Notícias de Sergipe

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...