“O trânsito é uma questão de saúde pública, não de política”, disse Samarone.

CMA1Nesta segunda-feira, dia 28, a Câmara Municipal de Aracaju (CMA), atendendo ao requerimento do presidente da casa e também vereador Emanuel Nascimentos (PT), recebeu o superintende de Sistema Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), Antônio Samarone, em discussão a regulamentação dos veículos ciclomotores em Aracaju e o alto índice de acidentes.

Segundo Samarone, o momento hoje é de discutir-se alternativa de transito e o transporte eficaz, uma vez que conflito é a falta de espaço, é o volume de vias que são ofertadas.

“Cada um que resolver o seu problema, todos querem chegar mais rápido, e pegar a melhor vaga para estacionar”, disse o superintendente.

Hoje Aracaju possui 5 mil motoS, o número de motos e três vezes mais alto que o número de carros. “Isso é indicador de falta de alternativa em transporte”, frisou Samarone.

Na oportunidade, a coordenadora da rede de urgência e energia da secretária municipal de saúde, Maria Mendonça Alves, discursou sobre o número da violência e mortes no trânsito no âmbito Brasil e grande Aracaju, a secretária, apresentou números alarmantes de óbitos oriundos da violência no trânsito “A violência no trânsito não é uma questão política, é uma questão de saúde pública”, declarou Maria Mendonça.

Aracaju precisa inicialmente desenvolver campanhas educativas, alertando a sociedade dos perigos e em um segundo momento junto com a sociedade civil criar soluções para minimizar os autos custos pela regulamentação dos veículos ciclomotores, e com isso diminuir de maneira rápida os números de feridos com lesões graves e fatais.

Por Andréa Lima / imprensa1.com

Fotos

CMA2CMA3CM4CM5

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: