Imprensa1
Site de notícias do jornalista radialista Marcos Couto

Operação Arrastão: PF coíbe pesca irregular no litoral Sergipano

Foto: PF/SE

No último dia, 15, a DELEMAPH – Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente e Patrimônio Histórico e o GEPOM – Grupo Especial de Polícia Marítima da Polícia Federal em Sergipe deram início à Operação ARRASTÃO, visando coibir a pesca de arrasto irregular no litoral do Estado, contando com a participação do IBAMA, ICMBio e Marinha do Brasil.

Por se tratar de modalidade altamente predatória, a pesca de camarão com a utilização de arrasto motorizado é proibida em toda a zona localizada a menos de 02 (duas) milhas náuticas da costa, para garantir a reprodução da fauna marinha e evitar a captura acidental de outras espécies, como as tartarugas, que utilizam esta área litorânea para desova.

Estima-se que, para cada quilo de camarão capturado nas redes de arrasto motorizado, dez quilos de outros animais, incluindo peixes, crustáceos, tartarugas e invertebrados, são mortos e simplesmente devolvidos ao mar.

Mesmo conhecendo a proibição, já que tais informações são amplamente difundidas entre as colônias, muitos pescadores insistem em pescar nos locais interditados.

Caso sejam encontrados em tais condições, os pescadores poderão ser autuados em flagrante e responder pela prática do crime previsto no artigo 34, caput, c/c Parágrafo Único, inciso II, da Lei n. 9.605/98, punido com até três anos de detenção e multa, além de terem os barcos e produtos da pesca apreendidos.

Até o momento, não foram identificadas embarcações em situação irregular. A Polícia Federal salienta que a atividade terá continuidade, pelas próximas semanas, uma vez que a pesca tende a se intensificar no período que antecede o defeso.

Fonte: PF/SE

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...