Imprensa1
Site de notícias do jornalista radialista Marcos Couto

Parceria em entre governos, beneficia jovens de Nossa Senhora do Socorro

SOCORRO----2Doze alunos da turma de instalador hidráulico encerraram o curso profissionalizante na terça-feira, dia 27, com uma confraternização. Após três meses de aulas, os estudantes concluíram a formação na área, adquirindo uma profissão.

O curso é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Assistência Social de Nossa Senhora do Socorro, a Secretaria de Estado de Inclusão e Desenvolvimento Social – Seids –, o Ministério do Desenvolvimento Social e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai.

Para José Arnaldo da Chagas Andrade, 38 anos, foi muito bom ter participado desse curso, que lhe garantiu uma profissão. “Eu sou comerciante, mas estou querendo mudar de ramo. O curso foi muito bom. Estão todos de parabéns”, indica.

O jovem Ângelo Mateus Francisco Barbosa, 19, também gostou muito do que aprendeu. “O que vi aqui abriu a minha mente para a profissão. Além disso, vou poder fazer eu mesmo pequenos reparos em casa”, diz.

Os certificados serão entregues no próximo dia 4, na Secretaria de Estado de Inclusão Social, em Aracaju. Curso O curso de instalador hidráulico teve início no dia 19 de julho, com duração de 200 horas/aula, sempre no Colégio Estadual Nilson Socorro, no conjunto João Alves.

“O prefeito Fábio Henrique e a secretária Sílvia Fontes têm trabalhado para buscar sempre parcerias para realizar esses cursos que proporcionam a inclusão social dos socorrenses”, destaca a assistente social Luzinete Lima, que, juntamente com Isabel Modesto, coordena os cursos.

instrutorSegundo o instrutor Wadson Couto, do Senai, o aluno que passa pela formação em instalação hidráulica pode atuar na área industrial, mas com foco principal na área predial. “As empresas e construtoras estão trabalhando com técnicas corretas, o que exige um profissional capacitado. E esse é um mercado promissor”, explica.

Ele aponta que, graças a uma parceria com a Amanco, esses alunos aprendem uma tecnologia para trabalho com água quente, que tem sido bastante utilizada nas obras da construção civil. “Durante as aulas, os participantes ainda têm noções de relações interpessoais, educação ambiental, cidadania, tecnologia dos materiais e ferramentas, normas técnicas, sistemas de instalações hidráulicas prediais, sistema de instalações sanitárias entre outros assuntos”, destaca Wadson.

“A partir de parcerias, o programa tem o objetivo de atender o mercado aquecido, formando profissionais. Eles recebem um certificado de uma instituição de renome como o Senai e muitos logo conseguem uma vaga de trabalho”, aponta Ubiratânia Guimarães Brasil, assistente administrativo do Senai.

Ela lembra ainda que entre as parcerias, esse curso conseguiu o apoio da Amanco, que doou kits com fardamento e tubos e conexões para estudo.

Fonte: http://www.ansocorro.se.gov.br

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...