Parlamentares brasileiros assinam 1ª declaração do BRICS

bricsOs presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), do Senado, Renan Calheiros (PMDB/AL), e o líder do PSC, deputado federal André Moura (SE), participaram, nesta segunda-feira, 08, do 1º Fórum Parlamentar do BRICS (grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), realizado em Moscou.
O evento contou com a participação de parlamentes do bloco que assinaram a 1ª Declaração do BRICS no âmbito do Legislativo comprometendo-se a defender a reforma dos mecanismos globais de segurança e dentre eles consta a mudança no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).
Além disso, Eduardo Cunha e Renan Calheiros anunciaram a criação de uma comissão mista para acompanhar os assuntos relativos ao bloco econômico e a implementação do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD) cujo capital autorizado inicial é da ordem de 100 bilhões de dólares.
brics2De acordo com André Moura, o diálogo entre os parlamentos é fundamental  para a cooperação do bloco. “Os parlamentos desses países devem estar integrados para a preservação da paz , então a institucionalização atuará de forma benéfica, tanto para a resolução de conflitos como para alguns setores das nossas economias”.
Para Eduardo Cunha, a atuação parlamentar do BRICS “deve abordar de forma constante a questão do sistema de segurança coletiva global, que, reconhecidamente, deve ser revisitado em prol de uma atuação da ONU mais eficaz, mais consensual, na preservação da paz e solução pacífica dos conflitos mundiais”.
Os deputados também tiveram encontros bilaterais com parlamentares da Rússia e da China para tratar da elaboração de convênios em diversas áreas, como energia, governança, mineração, finanças e agricultura.
Também fizeram parte da comitiva os deputados Átila Lins (PSD-AM), Beto Mansur (PRB-SP), Gilberto Nascimento (PSC-SP), Leonardo Picciani (PMDB-RJ), Bruno Araújo (PSDB-PE), Maurício Quintella Lessa (PR-AL), Jovair Arantes (PTB-GO), Mendonça Filho (DEM-PE), André Figueiredo (PDT-CE), Arthur Oliveira Maia (SD-BA),  Rubens Bueno (PPS-PR) e Rodrigo Maia (DEM-RJ), e os senadores Lindbergh Farias (PT-RJ), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Ciro Nogueira (PP-PI).
AssCom/AM
Com informações da Assessoria de Imprensa da Presidência da Câmara
Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: