PF e Marinha apreendem embarcação com 208 KG de haxixe

Na noite de ontem, 29, militares da Marinha do Brasil seguiram até o ancoradouro do Iate Clube de Aracaju para fiscalizar uma pequena embarcação que estaria carregando grande quantidade de combustível descumprindo normas de navegação vigentes.

Ao ser questionado, o piloto paranaense de 45 anos, residente em Búzios/RJ, revelou que estava levando o combustível, cerca de 7 bombonas de 60 litros, para um pesqueiro, em pane seca, em alto-mar. Porém, não soube dar detalhes como o nome, posição ou comandante desse barco avariado.

Disse ainda que sua embarcação era registrada em Salvador/BA, mas fora levada até Maceió de caminhão e agora retornava navegando.

Diante das inconsistências das respostas e pelo desrespeito às normas náuticas estabelecidas pela Capitania dos Portos os militares decidiram reter a embarcação para outras averiguações.

Os marinheiros passaram a ajudar o piloto na retirada de seus pertences, quando perceberam que o mesmo acionara um dispositivo ateando fogo no barco.

O homem foi dominado e o Corpo de Bombeiros acionado.

Com o fogo controlado, observaram grandes volumes também atingidos pelas chamas. Quando policiais federais chegaram ao local constataram através de exames tratar-se de haxixe.

O piloto foi preso e autuado em flagrante por tráfico de drogas, a embarcação, um aparelho celular do tipo satelital queimado e 208 kg de haxixe foram apreendidos.

Foto e Fonte: PF/SE

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...