PMA realiza concurso para auditor de tributos neste domingo, 10

Foto: Sergio Silva

A Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz), realizou neste domingo, 10, as provas para o concurso que selecionará os novos auditores de tributos do Município.

Os 8.321 candidatos foram organizados em 373 salas, em 17 escolas. Eles disputam as 20 vagas ofertadas, sendo 14 para a área de Abrangência Geral e as outras seis destinadas aos profissionais de Tecnologia da Informação, além do cadastro reserva.

A disputa acontece em duas etapas, provas objetivas e discursivas, realizadas nos dois turnos deste domingo.

O uso de máscara é obrigatório, assim como a higienização das mãos e o distanciamento social. No momento da prova, não foi permitido o compartilhamento de objetos, tais como canetas ou garrafas de água, nem a utilização de recipientes ou embalagens de qualquer espécie que não sejam fabricados em material transparente.

O concurso surgiu da necessidade de repor o quadro de servidores ligados à administração tributária e aduaneira. Toda a preparação do certame foi feita cuidadosamente para expor os candidatos a risco.

“A importância desse concurso é muito grande, porque o fisco precisa de novos profissionais, estamos com um quadro bastante reduzido. O último concurso aconteceu em 1988, então temos urgência em chamar os aprovados. A banca tomou todas as medidas possíveis para promover o distanciamento, disponibilizando a higiene necessária para que os candidatos pudessem fazer a prova com tranquilidade”, explica o presidente da comissão organizadora do concurso e auditor de tributos da Semfaz Carlos Augusto Oliveira.

A capital sergipana recebeu candidatos de diversas cidades da região Nordeste, todos buscando o sonho da estabilidade financeira oferecida pelas vagas. O candidato João Gabriel Farias, por exemplo, veio do Recife, capital do estado de Pernambuco.

“O concurso é importante por uma questão de justiça mesmo, os mais preparados serão selecionados. Eu conversei com pessoas que vieram até de São Paulo, todo mundo buscando uma estabilidade”, conta ele, que fez a prova no Centro Universitário Estácio, no bairro Salgado Filho.

Marcos Lázaro, 43 anos, por sua vez, veio da Bahia, da capital Salvador, e vê o certame como uma forma de evoluir profissionalmente, uma vez que já atua na área de contabilidade.

“Eu já venho fazendo concurso há alguns anos e a área fiscal é sempre uma excelente oportunidade, até porque eu desempenho trabalho contábil, então é uma possibilidade de evolução. É sempre bom buscar o crescimento profissional”, afirma.

Também da capital baiana, Carla Magnavita, 32 anos, fez a prova na Faculdade Pio Decimo, no bairro Capucho, e ressaltou a excelente organização do concurso.

“Estou estudando há muito tempo e é extremamente importante ter essa experiência no concurso. Estou tentando a vaga e acho que é uma oportunidade de crescimento pessoal, mas também creio que posso contribuir para a cidade. Achei tudo muito bem organizado, não vi nenhuma aglomeração, bem tranquilo”.

Fonte: PMA

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...