PMA reforça alerta sobre imporância de manter cuidados preventivos à covid-19

Após um período de queda do número de casos de covid-19, a capital sergipana vem registrando, desde o mês de dezembro, uma nova crescente de registros, tanto de casos suspeitos quanto de confirmados, o que requer ainda mais cuidado e prevenção. Neste sentido, uma das frentes de atuação da Prefeitura de Aracaju é o desenvolvimento de ações de conscientização da população, no intuito de frear a transmissão do novo coronavírus.

Com a gradual reabertura dos estabelecimentos comerciais, aumentou a circulação de pessoas pela cidade, o que demanda cautela e cuidados redobrados por parte de todos. É o que destaca a diretora de Vigilância e Atenção à Saúde da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Taíse Cavalcante.

“A partir do momento em que houve a abertura do comércio, começamos a ver um aumento diário de casos suspeitos e confirmados. Estamos no momento em que paramos para avaliar a questão da economia, mas os cuidados precisam ser mantidos porque a pandemia continua”, frisa a diretora.

Segundo Taíse, Aracaju tem registrado não só aumento do número de novos casos, mas também de óbitos. “A população segue tendo papel fundamental no controle da proliferação porque de nada adianta o poder público desenvolver ações se as pessoas continuarem a negligenciar o distanciamento social, o uso de máscara, a higienização das mãos”, ponderou Taíse.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde de Aracaju, na quarta-feira (13), a cidade registrou 308 novos casos, e chegou ao total de 62.692 pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde março de 2020. Desde total, 933 vieram a óbito e 288 seguem internadas em hospitais das redes pública e particular.

Apesar de a taxa de óbito ter estabilizado e, atualmente, ser de 1,57%, não há razões para descuidos, alerta Taíse Cavalcante.

“Já tivemos um período muito pior, mas ainda estamos tendo óbitos e se há óbitos é porque a transmissão está acontecendo e as pessoas que são mais comprometidas de saúde é que estão tendo uma complicação maior e chegam à morte. Precisamos continuar cuidando da vida das pessoas e, na pandemia, essa é uma questão de todos”, enfatiza a diretora.

Em sua avaliação do quadro atual, há um descontrole da população, no sentido de manter o distanciamento e demais medidas de proteção. “Estamos fortalecendo as ações da Vigilância Sanitária, com as fiscalizações de orientação e interdição, de casos que não estão sendo cumprindo as determinações dos decretos estaduais e municipais. São fiscalizações rotineiras e programadas, junto com os outros órgãos da Prefeitura e, inclusive, em parceria com órgãos do governo estadual. As pessoas precisam compreender que a pandemia não acabou e, mesmo com a vacina, muitos cuidados terão que continuar por algum tempo”, ressalta Taíse

Foto: Marcelle Cristinne

Fonte: PMA

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...