Polícia conclui inquérito e indicia dois suspeitos de homicídio em Lagarto/SE

A Polícia Civil concluiu o inquérito policial relativo ao homicídio que vitimou Rinaldo Souza de Lima, no dia 15 de dezembro do ano passado, no município de Lagarto. As investigações duraram cerca de dez meses e conseguiram identificar a autoria e a motivação do crime. O procedimento investigativo foi concluído na última sexta-feira, 23.

Segundo a delegada regional, Michele Araújo, a equipe policial iniciou as investigações logo após o crime e, por meio de coleta de imagens de câmeras de segurança, descobriu o veículo usado na ação. “Chamou a atenção que o carro utilizado não possui características peculiares aos comumente utilizados em ações criminosas similares, pelo contrário, tinha o potencial de reduzir as suspeitas”, comentou.

Com o trabalho investigativo, no dia 16 de agosto de 2020, a Polícia Civil deflagrou a Operação Ofídio, resultando na prisão de Sandoval de Souza Farias, conhecido como “Cobra” ou “Neném”, 38. Contra ele, existiam dois mandados de prisão definitiva expedidos pelas Comarcas de Orocó (PE) e Alfenas (MG). As condenações são decorrentes da prática de tráfico de drogas.

O investigado vivia em Lagarto, com documentação falsa, situação que foi descoberta no curso das apurações do homicídio. Após a prisão do primeiro suspeito do crime, as investigações aprofundaram-se, com a análise do aparelho celular dele, que resultou na identificação de evidências da participação no homicídio, a exemplo de fotos do veículo utilizado na prática criminosa, que possivelmente é clonado.

Além disso, as investigações identificaram o comparsa na ação criminosa. Com o resultado do trabalho, a Polícia Civil representou pelas prisões preventivas dos dois suspeitos, tendo sido acolhidas pela Justiça. Como um deles já estava preso, o respectivo mandado foi cumprido no sistema prisional sergipano.

Já o segundo, foi preso na cidade de Curaçá (BA), mediante o compartilhamento de informações com a Polícia Militar em atuação naquele município. As investigações coletaram evidências da participação da dupla em uma tentativa de homicídio ocorrida no estado da Bahia, razão pela qual todo o apurado foi encaminhado à Polícia Civil baiana para auxiliar nas apurações daquele fato.

Os dois investigados foram indiciados pela prática do homicídio que ocorreu dia 15 de dezembro do ano passado. “Diante de todas as provas colhidas, ambos foram indiciados por homicídio qualificado e o inquérito policial encontra-se com o Ministério Público para apreciação”, finalizou a delegada.

Fonte: SSP/SE

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: