Operação Policial prende três suspeitos por roubo e R$ 20 mil na entrada de shopping

O crime ocorreu na entrada do estacionamento do local na última terça-feira, 16

Em operação deflagrada pela Delegacia Regional de Itabaiana, foram presos três suspeitos do roubo de quase R$ 20 mil na entrada do estacionamento do shopping do município na última terça-feira, 16. O roubo foi solucionado em menos de 24 horas após o crime. Eles foram identificados como Genilson da Cunha Nunes, Carlos Eduardo Santana Menezes e Antônio Vigilio dos Santos Neto. A ação policial ocorreu nessa quarta-feira, 17.

De acordo com o delegado Elder Sanches, as câmeras de segurança do shopping flagraram a investida criminosa e, após o roubo, as equipes policiais iniciaram as buscas pelos suspeitos do crime. Assim, os suspeitos foram detidos em flagrante na posse de parte do dinheiro e também da motocicleta utilizada no roubo.

Carlos Eduardo foi preso na cidade de Arapiraca (AL) e os demais em Itabaiana. Os três detidos confessaram a participação no crime, sendo que Antônio informou toda a dinâmica do roubo. Genilson foi o executor do roubo, que aparece nas imagens conduzindo a motocicleta vermelha, abordando a vítima. O veículo é de cor azul e ele tinha plotado de vermelho.

 

Antônio Vigilio ficou como olheiro, na frente da empresa onde a vítima trabalha, para avisar Genilson. Carlos Eduardo ficou de olheiro no shopping. As buscas seguem para prender Ítalo Souza de Oliveira, conhecido como “Lolô”, que participou do crime fornecendo a arma utilizada na investida criminosa. Nas buscas para prendê-lo, três outros homens foram encontrados na posse de drogas.

Eles foram identificados como Emerson Mendonça de Gois, John Lenon Melo Santana e Douglas de Jesus Silva. Os suspeitos foram encontrados com grande quantidade de cocaína e centenas de pinos utilizados para guardar a droga no momento da venda do entorpecente, além de uma balança de precisão.

A Polícia Civil pede que informações que possam levar à localização e prisão de Ítalo de Souza Oliveira sejam repassadas ao Disque-Denúncia, pelo telefone 181. O sigilo do denunciante é garantido.

Fonte: SSP-SE

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...