Polícia indicia 16 criminalmente por tragédia na boate Kiss

 

k16 pessoas foram indiciadas criminalmente pela tragédia na boate Kiss, em Santa Maria (RS), atingida por um incêndio no dia 27 de janeiro que matou 241 pessoas.

Nove delas podem ser denunciadas pelos crimes de homicídio com dolo eventual qualificado, quando a pessoa assume o risco mesmo sem intenção.

No total, 28 pessoas foram responsáveis pela tragédia no inquérito policial. Entre elas, o prefeito da cidade, Cezar Schirmer, e o comandante do 4º Comando Regional de Bombeiros de Santa Maria, tenente-coronel Moisés Fuchs.

Para a polícia, em ambos os casos há indícios de prática de homicídio culposo e eles poderão ser investigados pelo Tribunal de Justiça e Justiça Militar, respectivamente.

A polícia acredita que há indícios de autoria dos crimes por parte dos suspeitos. Já entregue à Justiça, o inquérito será encaminhado para vista do Ministério Público (MP). Há ainda a possibilidade de arquivamento de um ou mais casos ou pedido de novas investigações.

 

Reprodução: Claudio Leite

Foto: blogdothame.blog.br

Fonte: G1

 

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: