Polícia Militar divulga balanço da Operação Eleições 2020

A Polícia Militar divulgou, na manhã desta segunda-feira, 16, o balanço de ocorrências registradas no primeiro turno das eleições no estado de Sergipe. Os números foram contabilizados pelo Centro de Comando Operacional da Corporação, que realizou o monitoramento integral e em tempo real das ações relacionadas à segurança pública em todas as zonas eleitorais do estado.

Desde a tarde da última sexta-feira, 13, quando a operação teve início, até o fim do pleito eleitoral, neste domingo, 15, foram registrados em todo o estado 23 crimes comuns e 68 crimes relacionados às eleições, com destaque para as notificações por compra de votos, que resultaram na apreensão de R$ 100.076,00.

Ainda de acordo com o balanço, 82 pessoas foram conduzidas às delegacias da Polícia Civil e da Polícia Federal, sendo cinco candidatos ao cargo de vereador, três do município de Lagarto e dois de Pedra Mole. Duas armas de fogo e 19 veículos também foram apreendidos.

O comandante-geral da Corporação, coronel Marcony Cabral, enalteceu o trabalho integrado das Forças de Segurança durante a Operação Eleições 2020 em Sergipe, em especial, aos policiais militares, “que cumpriram com excelência a importante missão de promover a segurança do pleito eleitoral e contribuir com o exercício da cidadania”.

Após a divulgação do balanço operacional, o subcomandante da PMSE e coordenador geral da operação, coronel Paulo Paiva, falou sobre o sucesso do trabalho. “Graças à dedicação e ao bom desempenho da Polícia Militar, o eleitor sergipano pôde acessar os locais de votação com tranquilidade e exercer o direito de escolher seus representantes. Para isso, foram mais de três mil policiais militares envolvidos no processo desde a última sexta-feira”, observou.

O coronel Paiva também enalteceu a integração com o Exército Brasileiro, a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil e o Tribunal Regional Eleitoral, que nesta eleição, confiou plenamente no trabalho dos profissionais de segurança pública, sem que fosse necessário o envio de tropas federais para nenhum dos 75 municípios sergipanos.

Fonte: PM/SE

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: