Policiais de Sergipe prendem suspeito de matar o vereador e sindicalista “Carlos Gato”

Os policiais civis de Sergipe lotados no município sergipano de Cristinápolis/Tomar do Geru cumpriram o mandado de prisão definitiva do suspeito José Nilton dos Santos, que estava no município sergipano de Tobias Barreto. Ele é acusado de praticar homicídio contra o vereador e sindicalista, Carlos Alberto Oliveira Santos, conhecido como Carlos Gato, em 22 de setembro de 2001, na cidade de Pedrinhas, em Sergipe.

De acordo com as informações, o mandado de prisão foi dado pelo Juiz de Pedrinhas, entrentato o primeiro endereço fornecido por José Nilton era no município de Tomar do Geru, onde ele não mais residia. “Após investigações da inteligência da Polícia Civil, foi constatado que o suspeito estava residindo em Tobias Barreto.” destacou o delegado Gerlandio Gomes, de Cristinápolis/Tomar do Geru.

José Nilton foi condenado a 7 anos de reclusão, sua prisão já foi comunicada à Justiça e o preso será recambiado ao sistema prisional.

Por: Ascom da SSP/SE

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: