DAGV de Sergipe prende estuprador quando tentava fugir para São Paulo

ESTUPRADOR -SANTA MARIA -ESTUPRADOR DO SANTA MARIA -A Polícia Civil de Sergipe, através dos policiais do Departamento de Atendimento aos Grupos Vulneráveis (DAGV),conseguiram prender na noite desta quarta-feira, dia 14, no aeroporto de Aracaju, ), um ex-presidiário acusado de invadir uma residência, manter pessoas de uma família reféns e de estuprar uma menina no quintal da casa.

O acusado, já se preparava para fugir com destino a cidade de São Paulo, mais depois de um extenso trabalho de investigação, o DAGV conseguiu evitar a fuga e prender o marginal.

O crime ocorreu no dia 18 de abril deste ano, no Bairro Santa Maria, zona sul Aracaju.

A qualquer momento, outras informações .

 

ATUALIZAÇÃO DESTA MATÉRIA – INFORMAÇÕES DA SSP DE SERGIPE

Policiais civis da Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) em parceria com uma equipe da Divisão de Inteligência da Polícia Civil (Dipol) prenderam na madrugada desta quinta-feira, 14, Adelvano Vieira de Oliveira, 41 anos, acusado pelo crime de estupro contra uma jovem de 17 anos, no bairro Santa Maria, zona sul de Aracaju.

De acordo com o delegada Mariana Diniz, Adelvano invadiu uma residência que fica localizada em uma vila no bairro Santa Maria para assaltar e na oportunidade subtraiu os pertentes da vítima que estava acompanhada de um amigo, além de ter praticado diversos atos libidinosos.

“A jovem e o amigo tiveram os olhos vendados e foram ameaçados com resquícios de crueldade. Segundo depoimentos das vítimas, enquanto praticava a agressão, Adelvano passava uma faca pelo corpo da jovem e afirmava que a mataria. Durante um descuido do acusado, os jovens conseguiram escapar e os vizinhos acionaram a polícia. Adelvano fugiu do local deixando para trás alguns objetos que tentou roubar da residência, além de um boné e pertences pessoais”, detalhou Diniz.

Ainda segundo Diniz, o agressor foi capturado na madrugada desta quinta-feira, no Aeroporto Santa Maria tentando fugir para o estado de São Paulo. “No momento da prisão Adelvano não resistiu a prisão. Porém, ele nega todos os fatos e não assume o crime de estupro praticado contra a jovem, mas admite que possui diversas passagens pela polícia”, relatou a delegada.

Adelvano estava em liberdade do sistema prisional do Estado desde o mês de fevereiro de 2015, onde cumpriu pena durante 6 anos pelo mesmo crime. Ele também possui passagem pela polícia de Alagoas pelos crimes de homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

A delegada Mariana Diniz, também alerta a população sobre a possibilidade de Adelvano ter violentado outras mulheres, e solicita que, se por ventura, alguém reconhecer o agressor, que compareça até a delegacia para registrar a ocorrência. O acusado encontra-se preso e está à disposição da Justiça, ele será indicado pelos crimes de roubo e estupro.

 

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: