Prefeitura apresenta balanço do Centro Cultural de Aracaju

CENTRO DE CULTURA- 2015 Neste dia 20 de fevereiro, ao  completar seu quarto mês aberto ao público, o Centro Cultural de Aracaju está cada vez mais presente no roteiro cultural de Sergipe.

O espaço, localizado no antigo prédio da Alfândega, foi inaugurado no dia 20 de outubro 2014 pela Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA), através da Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog) e da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju).

Com exposições temporárias e permanentes, oficinas, sessões de cinema, mostras audiovisuais e apresentações musicais, o Centro abre espaço para diversas áreas da cultura, arte e conhecimento. As visitas ao antigo prédio da Alfândega têm mantido uma crescente desde sua inauguração.  Este mês, o número de visitantes individuais se aproxima de 4 mil, além das visitas agendadas de escolas, grupos de estudos e passeios.

CENTRO DE CULTURA 0001Segundo a presidente da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju) e coordenadora do Centro, Aglaé Fontes, a agenda de visitas de escolas para o mês de março já está lotada.  “É realmente compensador a frequência de visitas ao Centro Cultural. Carregada de histórias, a velha alfândega recebe hoje visitantes de todas as idades. O espaço está cumprindo o objetivo para o qual foi pensado: aliar história, literatura e a cultura que está na alma do povo”, ressalta.

O Centro abriga uma multiplicidade de ações e atividades abertas à população. Ao visitá-lo o público encontra diversos espaços, a exemplo da Biblioteca da Cultura Sergipana Escritor Mário Cabral, da Sala da Cultura Popular Mestre Euclides, do Museu Prefeito Viana de Assis, do Teatro João Costa, da Sala de Projeção Walmir Almeida e do Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira (Npdov).

Pelo Núcleo, foram promovidas quatro mostras de cinema desde a inauguração do Centro: “Live Cinema”, “Cinema Espanhol”, “Cinema Sino-Brasileira” e “Cinema e Direitos Humanos”. Além disso, o Npdov realizou o “Workshop de Vídeo Experimental”, “Workshop Web game” e a “Oficina de Formatação de Projetos”.

Primeiros meses

Novembro de 2014 – O Teatro João Costa esteve lotado durante a 1ª Oficina de Compositores, promovida com o intuito de esclarecer duvidas e transmitir informações sobre direitos autorais para os músicos sergipanos. Promovida pelo Departamento de Cultura e Artes da Funcaju, em parceria com União Brasileira de Compositores (UBC), a oficina reuniu mais de 104 participantes.

Dezembro de 2014 – A grande atração foi o “Natal no Centro”, que contou com apresentações artísticas de corais, grupos folclóricos e peças teatrais, marcando o Ciclo Natalino de Aracaju. Desta vez, os festejos da natividade tiveram como foco principal o resgate histórico da data voltado à cultura nordestina. Ao todo, foram seis dias de atividades na Praça General Valadão, em frente ao Centro, entre os dias 17 e 23 de dezembro.

Janeiro de 2015 – A principal atividade foi a “Oficina de Formatação de Projetos”, desenvolvida a partir de um convênio com o Ministério da Cultura (Minc), em três módulos. “O programa da Oficina de Projetos, assim como outras atividades desenvolvidas pelo Npdov, são iniciativas que buscam valorizar a produção audiovisual brasileira, ao mesmo tempo em que fomentam a produção regional e independente”, explica a coordenadora do Npdov, Rosângela Rocha. O Núcleo também mantém sessões periódicas todas as terças e quintas-feiras à tarde.

Fevereiro de 2015 – O Centro Cultural entrou na festa com a exposição “Os Carnavais de Aracaju do Século XX”. A mostra traz a história de alguns dos principais ícones do carnaval aracajuano através de banners com fotos e informações históricas, fantasias, troféus e adereços carnavalescos. Na inauguração da exposição, que tem curadoria da museóloga Janaína Couvo,  estiveram presentes personalidades do carnaval Aracajuano como o fundador do “Bloco Rasgadinho”, seu Leopoldo, e a fundadora da escola de samba “Tubarão da Praia”, Izabel Nunes.

Para março, o Centro receberá uma programação especialmente desenvolvida em alusão aos 160 de Aracaju, comemorado no dia 17. Entre as ações previstas, estão apresentações musicais e teatrais, ciclo de palestras, atividades literárias e exposições temáticas. O Centro Cultural de Aracaju está localizado na Praça General Valadão, no antigo prédio da Alfândega, aberto de segunda à sexta-feira, das 9h às 17 horas. Mais informações e agendamento de visitas podem pelo telefone (79) 3214 – 5387.

Reprodução: Site Imprensa1

Fotos: Funcaju

Por: [email protected]

 

 

 

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: