Prefeitura dá prosseguimento a ações de recapeamento e tapa-buraco seguindo normas sanitárias

Seguindo todas as normas e cuidados para evitar a proliferação da covid-19, devido a pandemia do coronavírus, a Prefeitura de Aracaju mantém as obras do programa de recapeamento asfáltico e operação tapa-buraco das ruas e avenidas, por entender que elas são essenciais não apenas do ponto de vista estrutural, mas para recuperar a malha viária, garantir a funcionalidade do trânsito e proporcionar mais qualidade de vida aos aracajuanos, principalmente em virtude do período chuvoso que já se descortina.

Nos meses de abril e maio, por exemplo, a Prefeitura, por meio da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), utilizou 1.992 toneladas de asfalto na execução da operação tapa buraco, contemplando cerca de 31.359 m² de ruas e avenidas. No mesmo período, também foram empregadas 2.956 toneladas de asfalto para pavimentação e recapeamento, totalizando área de 30.568 m².

Os logradouros contemplados com recapeamento/pavimentação em abril e maio foram as avenidas Euclides Figueiredo, Paulo Figueiredo e Coelho e Campos. E os locais contemplados com tapa-buracos em abril e maio foram as avenida Tancredo Campos, no bairro Industrial; avenida José Domingos Maia, no Mosqueiro; rua B, loteamento Jussiara, no Santo Antônio; rua J, no São Conrado; avenida José Rodrigues Sobrinho, no 17 de Março; avenida Tancredo Neves, Capucho; avenida Universo, no Inácio Barbosa; e avenida Júlio Cesar Leite, no bairro Aeroporto.

Ao todo, foram mais de 600 vias públicas beneficiadas com ações de tapa-buraco, pavimentação e recapeamento nos últimos 60 dias. De acordo com o secretário municipal da Infraestrutura, Sérgio Ferrari, o esforço da Prefeitura de Aracaju para dar dignidade e qualidade de vida à população tem surtido bons resultados nos últimos três anos e meio de gestão, principalmente quando o assunto é obra de infraestrutura, uma vertente que vem semeando largos sorrisos, mesmo em tempos de covid-19.

Sérgio Ferrari também fez questão de destacar que a Prefeitura de Aracaju tomou as devidas providências para resguardar a segurança dos trabalhadores de campo, com higienização de veículos e máquinas, recomendando um certo distanciamento dos demais operários, além da obrigação do uso de EPI (Equipamento de Proteção Individual). “Ou seja, com as devidas precauções, garantimos a continuidade dos serviços estruturantes desenvolvidos todos os dias pelos bairros da capital”.

 

Fonte: AAN

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: