Prefeitura de Aracaju realiza sétimo mutirão oftalmológico aos sábados

Mutirão_oftalmologia_divulgaçãoVisando atendimento especializado para centenas de cidadãos, a Prefeitura de Aracaju, através da secretaria de Saúde vem realizando, desde o mês de setembro, mutirões especiais destinados aos pacientes que aguardam na fila por uma consulta ou exame. A iniciativa vem surtindo efeito imediato, pois diminui gradativamente o tempo de espera por uma consulta ou exame. Aos sábados, no Centro de Especialidades Médicas (Cemar) do conjunto Augusto Franco, a população vem recebendo cuidado especialmente na área oftalmológica.

“Começamos nosso atendimento a partir das 7h prologando-o até às 17h. Cada paciente já vem com seu horário marcado direcionado da Unidade de Saúde da Família de seu bairro e aqui recebe toda a atenção especializado no quesito visão. Estamos em nosso sétimo mutirão oftalmológico de sábado, sempre com público variando entre 80 e 120 pessoas atendidas. Dessa forma estamos dando vazão à fila de espera, contribuindo para que cada pessoa tenha uma atenção exclusiva para seu problema”, informou a gerente do Cemar do conjunto Augusto Franco, Denilda Caldas de Santana.

Para Ana Paula Batista de Souza, mãe da pequena Sabrina Lourrany Santos Silva, 8 anos, o atendimento para a filha é decorrência de muita dor de cabeça que a garota vem sentindo após frequentar aulas na escola e assistir televisão. “Este mutirão veio num momento oportuno, porque ela reclama direto de dor de cabeça, o que nos deixa preocupados. Sei que receberemos um atendimento especializado aqui no Cemar, o que resolverá o problema de visão de minha filha”, pontuou a acompanhante.

Por sábado, dois especialistas revezam a lista de atendimentos. Segundo o médico, Elmo Mendonça, a dinâmica do mutirão vem sendo positiva justamente pela organização da lista de marcação de cada Unidade de Saúde da Família. “Os pacientes se deslocam até o Cemar do Augusto Franco sabendo o horário de seu atendimento, por isso temos maior eficiência em cada consulta ou exame, com tempo necessário para conversar com cada paciente, verificando o problema mais profundamente e fazendo encaminhamentos para outros exames ou prescrevendo medicamentos”, explicou o médico.

Para a aposentada, Marluce Ladislau Freire, 72 anos, a iniciativa do mutirão especial oftalmológico contribuiu consideravelmente para o atendimento de casos mais urgentes. “Sou paulista, residindo em Aracaju há pouco tempo. Há três meses venho utilizando os serviços da USF Sinhazinha e como necessitava de uma consulta urgente entrei para a lista de atendimento deste mutirão. Quero frisar a rapidez e a qualidade. Tudo organizado, sem demora e com bastante explicação. Saio satisfeita por receber tamanha atenção por parte do médico e do pessoal da administração do Cemar”, elogiou a paciente.

De acordo com o médico Elmo Mendonça, a maioria dos casos tratados no mutirão oftalmológico tem relação com o uso de óculos, porém, alguns pacientes apresentam quadro de glaucoma, o que desencadeia um procedimento de acompanhamento mais reservado.

“Quando percebemos um caso de glaucoma, automaticamente, já damos início ao procedimento de encaminhar a pessoa até o nosso Laboratório especializado que faz parte do Programa de Glaucoma que o Cemar do Augusto Franco oferece. Desde então, o paciente passará a ser monitorado a cada três meses, devendo refazer exames e mensalmente retirando medicamentos específicos para seu caso, gratuitamente, na Rede Municipal de Saúde”, informou.

Fonte: PMA

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: