Procon Aracaju disponibiliza nova pesquisa comparativa de preços dos combustíveis

0

A Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Secretaria da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), mantém atenção às demandas dos consumidores. Por isso, após anúncio da redução de preços dos combustíveis pelas refinarias, o Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Aracaju), que faz parte da Semdec, realiza nova pesquisa comparativa dos valores praticados nos estabelecimentos da capital, com o objetivo de oferecer uma referência aos consumidores, assim como para monitorar o mercado.

O levantamento foi desenvolvido na quarta-feira, 5, em 44 postos, contemplando todas as regiões da cidade. Na tabela disponibilizada pelo órgão estão especificados os valores aplicados para o diesel S-10, etanol, gasolina aditivada, gasolina comum e para o gás natural veicular – o GNV, com destaque para os maiores e menores valores constatados, na ocasião, considerando o pagamento à vista e a prazo.

Segundo o coordenador do Procon Aracaju, Igor Lopes, nesse segmento de mercado, essa é a quarta pesquisa realizada neste ano. “A equipe identificou a redução nos preços da gasolina, sobretudo em relação ao mês de abril, quando se verificava que a gasolina comum, em alguns postos, estava chegando quase ao montante de R$6,00”, destacou o coordenador acrescentando que o fato motivou fiscalizações nos estabelecimentos.

De acordo com a tabela, é possível observar que para a gasolina comum o maior valor registrado nessa última atualização foi de R$5,699, enquanto o menor preço foi de R$5,478. Já no caso da aditivada o maior valor chegada a R$5,990 e o menor a R$5,480. Na pesquisa desenvolvida em janeiro, a aditivada estava com maior preço de R$4,99 e a comum de R$4,89.

O coordenador ainda que o órgão o Procon não pode fixar preço mínimo ou máximo para nenhum tipo de produto. “A atuação do órgão ocorre com base no Código de Defesa do Consumidor (CDC), com o objetivo de coibir as abusividades. Caso o consumidor deseje esclarecer dúvidas ou registrar denúncia pode entrar em contato através dos nossos canais oficias de atendimento, que são o SAC 151 ou o número telefônico 3179- 6040. Faremos as averiguações necessárias e adotaremos as medidas cabíveis “, informou.

As variações e os preços constatados referem-se ao dia em que foi realizado o levantamento. Portanto, os dados coletados estão sujeitos à alteração, conforme a data da compra, inclusive, por ocasião de descontos especiais, ofertas e promoções. É preciso considerar, inclusive, que os postos de uma mesma rede podem praticar preços diferenciados.

Os canais telefônicos, 3179-6040 ou o SAC 151, funcionam em dias úteis, de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h. Também é possível encaminhar a demanda através do e-mail procon@aracaju.se.gov.br.

Foto: Sérgio Silva

Fonte: PMA

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: