Renan nega envolvimento em escândalo na Petrobras

Renan_divulgaçãoPor meio de nota divulgada neste sábado (6), o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) disse “repudiar as especulações” do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto da Costa, que teria citado o presidente do Senado como beneficiário de desvio de recursos da empresa. Renan disse que suas “relações com todos os diretores da estatal nunca passaram dos limites constitucionais”.

O senador também manifestou confiança na apuração que o Supremo Tribunal Federal e o Ministério Público deverão fazer do depoimento de Costa. “É dever do Supremo Tribunal Federal e do Ministério Público apurar a veracidade das declarações do ex-servidor a fim de esclarecer se o mesmo merecerá ou não o benefício da delação premiada”, diz a nota de Renan, acrescentando que o mau uso do instituto da delação premiada acarretará “agravamento de pena daquele que tentou manipular os rumos da apuração”.

Fonte: Agência Senado

Foto: divulgação 

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: