Renilson diz que não vota em projeto de reajuste salarial enquanto não resolver tabela da CMA

RenilsonO vereador Renilson Félix (DEM) usou a Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), nesta terça-feira, 9/12, para cobrar posição da presidência da Casa, no sentido de promover revisão na tabela salarial dos servidores do Legislativo. De acordo com o parlamentar, os trabalhadores da Casa sofrem com salários defasados.

Renilson lamentou o fato de a tabela salarial começar pelo valor irrisório de R$ 270. “Isso é uma vergonha. Não podemos aceitar que esse valor continue dessa forma”, afirmou. O vereador, que é servidor de carreira da CMA, ressaltou que é necessário que se tenha reunião com a Mesa Diretora para corrigir essa defasagem.

O vereador lembrou que o atual presidente da Casa, Vinicius Porto (DEM), não tem culpa, pois vários presidentes passaram e não resolveram a questão. “Vinicius é um jovem competente e que está sensível aos servidores e esperamos que, no apagar das luzes de 2014, possa vir a melhorar a situação desses servidores que são os maiores responsáveis pelo bom andamento dos trabalhos dessa Casa”, frisou.

Renilson aproveitou o pronunciamento para anunciar que enquanto essa situação não for resolvida, não vai votar em projetos que contemplem outras categorias. “Enquanto não melhorar a tabela, esse vereador não vota em aumento de servidor nenhum . Estou fazendo pacto com o servidores da Câmara. Não votarei em nenhum projeto sem que antes venha o projeto do servidor para que esse Parlamento respeite os trabalhadores da Casa”, afirmou.

LDO
O vereador lamentou, ainda, a votação realizada no Congresso Nacional, a qual alterou a Lei de Diretrizes Orçamentária, modificando a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). “Esse País chegou ao ridículo de incentivar o crime. É preciso cumprir a LRF. Chegamos ao ponto de permitir a modificação da LRF. Somente um deputado federal por Sergipe votou contra. Essa é mais uma imoralidade imposta pelo PT”, disse.

Em aparte, o vereador Adriano Taxista (PSDB), lamentou a aprovação da modificação. “Assisti a aprovação do PL 36 que é uma vergonha para o País”, disse. Para o vereador Agamenon Sobral (PP), a presidente Dilma é a maior responsável por toda a corrupção por permitir que acontecesse. “Tenho plena convicção de que a presidente Dilma tinha conhecimento de toda essa roubalheira, pois ela fazia parte do conselho da Petrobras que aprovou a compra da refinaria”, apontou

Para o vereador Emmanuel Nascimento (PT), é preciso separar o joio do trigo. “Não podemos generalizar e criminalizar a todos. Os que se equivocaram que paguem. Quem errou que pague”, frisou.

Por Bruno Almeida

Foto: Acrisio Siqueira

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: