Retomada de linhas de ônibus irá favorecer a população

onibusDiante do precário estado de conservação de uma considerável parte da frota das empresas São Cristóvão Transporte Ltda e Viação Cidade de Aracaju (VCA), a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA), através da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), órgão membro da Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania, informa que a retomada de seis linhas de ônibus urbano do grupo será feita a partir de amanhã, 20. Outras empresas as administrarão.

São 50 ônibus que serão operados pelos outros dois grupos que compõem o sistema de transporte coletivo de Aracaju – Tropical Progresso e Modelo Halley. Desmistificando o que algumas entidades têm repercutido na imprensa aracajuana, a determinação está relacionada ao compromisso da gestão atual do município em conter as recorrentes inconstâncias administrativas da VCA.

 

Prestar melhor serviço no transporte público, garantindo o direito de ir e vir da população usuária do sistema, com segurança e qualidade no atendimento, é o foco dado pela PMA, através da SMTT. “O compromisso do prefeito João Alves Filho é com Aracaju, com a sociedade. Se for preciso tomar atitudes mais enérgicas para alcançarmos este objetivo, as tomaremos sempre pautados na legitimidade dos fatos. Temos que fazer com que o serviço beneficie os milhares de usuários em questão. Só não poderíamos fechar os olhos e deixar a situação tão instável como se apresentava até o momento”, considera o superintendente Nelson Felipe da Silva Filho, alegando que a medida deveria ter sido tomada há muito tempo.

 

Esses 50 veículos devem passar por profunda reparação para que haja a possibilidade de retornar à operação, sendo avaliada pela Diretoria de Transportes Públicos. Os demais ônibus não estão isentos de vistoria, conforme fiscalização diária reforçada, nesta e nas demais empresas.

 

Sensibilidade trabalhista

 

O superintendente da SMTT, Nelson Felipe da Silva Filho, adianta quanto à grande probabilidade de remanejamento dos profissionais a serem desligados pela VCA. “Cerca de 200 trabalhadores, dentre motoristas, cobradores e mecânicos, por exemplo, têm grande possibilidade de serem admitidos pelas outras empresas que passarão a administrar as linhas. Vão sair 50 ônibus da VCA e vão entrar 50 no circuito, distribuídos entre a Tropical Progresso e Modelo Halley. Cabe a elas tal remanejamento e aproveitamento de pessoal”, coloca Nelson Felipe.

 

Linhas

 

As linhas que o grupo VCA deixa de operar no sistema de transporte público de Aracaju, são: 408 – Paraíso Sul/DIA; 500 CC1 – Circular Cidade 01; 002 – Fernando Collor/DIA; 008 – Santa Tereza/Bairro Industrial; 061 – Marcos Freire/Centro; e 701 – Jardim Atlântico/Centro.

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: