Imprensa1
Site de notícias do jornalista radialista Marcos Couto

Ricardo Marques comemora acordo para mudanças na bilhetagem eletrônica nos ônibus

Foto: Assessoria Parlamentar

O Ministério Público, por meio da Dra. Euza Missano, da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor, representantes da SMTT, Setransp e cartão Mais Aracaju discutiram a situação da bilhetagem eletrônica no sistema de transporte público de Aracaju.

A audiência foi realizada, após o vereador Ricardo Marques levar diversas reclamações de passageiros que estavam sendo obrigados a descer dos ônibus, mesmo com dinheiro para pagar a passagem. Cinco pontos foram definidos e um termo foi assinado por todos os presentes. Ficou decido que:

– A partir de agora, ninguém que esteja com dinheiro em espécie pode ser obrigado a descer dos ônibus por não ter o cartão Mais Aracaju. O motorista levará o passageiro durante o itinerário no próximo ponto de venda ou no terminal.

– O valor mínimo para a primeira recarga será o preço da passagem: R$ 4,50 e o cartão mais Aracaju deverá ser disponibilizado, mesmo que o usuário não possa fazer a recarga naquele momento.

– Também será disponibilizado um cartão para turistas ou pessoas que venham de outras localidades.

– A partir do mês de fevereiro, o Setransp irá melhorar a tecnologia para facilitar a forma de pagamento de passagem com cartão de débito, crédito e QR Code.

“Durante a audiência, também ficou definido que a Câmara Municipal de Aracaju irá provocar a regulamentação de uma lei para bilhetagem Eletrônica, já que atualmente o que existe é um decreto do ano de 2007, disse o vereador Ricardo Marques.

Por: Fredson Navarro/Ascom

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...