Imprensa1
Site de notícias do jornalista radialista Marcos Couto

Ricardo Marques repudia suspensão do piso salarial da enfermagem

Foto: Gilton Rosas

O vereador por Aracaju e candidato à deputado estadual, Ricardo Marques (Cidadania) acompanhou a decisão liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso de suspender o piso.

“Sou filho de uma enfermeira aposentada e conheço de perto o valor e importância destes profissionais nas nossas vidas. A pandemia mostrou a grande importância dos enfermeiros e a categoria merece valorização e respeito. Repudio essa decisão e espero que o ministro Barroso e os demais sejam sensíveis à luta e a causa dos enfermeiros de todo o Brasil”, fala Ricardo Marques.

O ministro alegou em sua decisão que faltou o impacto financeiro que o piso causaria nos Estados e municípios. Porém ele esqueceu que os enfermeiros junto com os médicos e demais profissionais da área da saúde atuaram dia e noite, arriscando sua própria vida na luta contra a COVID-19. “O piso salarial nacional dos profissionais da enfermagem, criado no Congresso Nacional, é uma medida justa destinada a um grupo de profissionais que se notabilizaram na pandemia e que têm suas remunerações subestimadas no Brasil. É necessário diálogo, respeito e decisão rápida para driblar a situação e encontrar uma solução” ressalta Ricardo Marques.

Em julho, o Congresso promulgou a Emenda Constitucional (EC) 124 para possibilitar que uma lei federal instituísse os pisos salariais nacionais para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e parteiras. Já em 4 de agosto foi sancionada a respectiva norma, a Lei 14.434, de 2022.

Por: Fredson Navarro/Ascom

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...