Rogério representa ministro Arthur Chioro na 18ª Conferência Municipal de Saúde de São Paulo

Conferencia de Saude Foto Leon Rodrigues 2O Secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, Rogério Carvalho, representou o ministro da Saúde, Arthur Chioro, na abertura da 18ª Conferência Municipal de Saúde, realizada até essa quarta feira, dia 24. Realizada no Palácio de Convenções do Anhembi a conferência teve como tema “Saúde pública de qualidade para cuidar bem das pessoas: direito do povo brasileiro”.

“Nós temos na 15ª Conferência Nacional e aqui na 18ª [Conferência Municipal] o compromisso de questões centrais, como a saúde como um direito de cidadania. E não é qualquer coisa para o Brasil, porque se a gente tivesse dito na Constituição que a saúde é um direito, e portanto todos têm acesso, e não tivesse colocado o princípio da integralidade, não teríamos avançado tanto”, afirmou  Rogério Carvalho.

Conferencia de Saude Foto Leon Rodrigues -ROGERIO CARVALHONo mesmo evento, o prefeito de São Paulo Fernando Haddad, acompanhado pelo secretário municipal de Saúde, José de Filippi Jr., destacou a importância da discussão de ideias para a valorização do Sistema Único de Saúde (SUS) junto aos usuários e trabalhadores da categoria.

“Nós ainda temos que fazer mais e temos um ano e meio para trabalhar duro nessa cidade na área da saúde. Por isso que estamos aqui. Para recolher informações, críticas e sugestões. A nossa política é que se existe um lugar que está mais difícil, é lá que nós temos que chamar a conferência para aprender”, afirmou o prefeito.

Conferencia de Saude Foto Leon RodriguesDurante os três dias de evento foram debatidas políticas públicas de saúde que foram construídas em conjunto com a participação social. Todos os temas abordados foram previamente discutidos durante as pré-conferências com representantes dos usuários, trabalhadores de saúde, gestores e prestadores de serviços.

Promovida a cada dois anos, a Conferência Municipal de Saúde possui oito eixos temáticos norteadores:

– Direito à saúde, garantia de acesso e atenção de qualidade;

– Participação social;

– Valorização do trabalho e da educação em saúde;

– Financiamento do SUS e relação público-privado;

– Gestão do SUS e modelos de atenção à saúde;

– Informação, educação e política de comunicação do SUS;

– Ciência, tecnologia e inovação do SUS;

– Reformas democráticas e populares do Estado.

 

Fonte: Secom/Prefeitura de São Paulo

Fotos: Leon Rodrigues

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: