Saúde denuncia que golpistas estão usando nome da Vigilância Sanitária para extorquir empresários

Homem-falando-no-telefone-celular_bigthumb506A Secretaria de Estado da Saúde  alerta a sociedade sergipana para um golpe que vem sendo praticado contra donos de estabelecimentos comerciais, por indivíduos que utilizam os nomes da Vigilância Sanitária estadual e do seu coordenador, Ávio Britto. Por telefone e utilizando um número do Estado da Bahia, eles anunciam aos empresários a realização de uma megaoperação de fiscalização, inclusive com a presença da Polícia Militar, e sugerem o pagamento de R$ 500 para deixar aquele estabelecimento fora da operação e indicam um número de conta bancária para o depósito.

O golpe foi descoberto na manhã desta terça-feira, 25, quando um comerciante ligou para a Vigilância Sanitária estadual para denunciar a tentativa de extorsão. “Recebi o telefonema de um empresário que estranhou a cobrança da propina, por conhecer nossa rotina de trabalho e a conduta ética e profissional dos nossos fiscais”, informou Ávio Britto, salientando a Vigilância Sanitária não faz comunicados prévios sobre as operações de fiscalização a serem realizadas e muito menos a prática da extorsão.

O coordenador da Vigilância Sanitária prestou Boletim de Ocorrência (BO) na polícia na manhã desta terça-feira e pede aos empresários que forem vítimas do golpe que denunciem ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), através do número 190.

 

Fonte: SES/SE

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: