Imprensa1
Site de notícias do jornalista radialista Marcos Couto

Senador Alessandro Vieira que institui o “auxílio-gasolina”

Foto: Pedro França/Agência Senado

O Plenário do Senado Federal aprovou nesta quinta-feira, 10, emenda de autoria do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) que institui o Auxílio Combustível Brasileiro (ACB), destinado às famílias beneficiárias do Auxílio Brasil, e aos motoristas autônomos do setor de transporte de cargas e transporte individual, incluindo taxistas, motoristas e motociclistas de aplicativos. Mais de 2,5 milhões de brasileiros serão beneficiados com a medida.

“O auxílio-gasolina vai diminuir o sofrimento dos brasileiros com o custo do combustível e vai chegar diretamente no consumidor, sem a necessidade de intermediários, sem o risco desse recurso ser perdido. É uma medida de emergência para o momento grave que estamos enfrentando”, avalia Alessandro.

De acordo com o senador, o objetivo da proposta é reduzir os efeitos das consecutivas altas nos preços dos combustíveis. “O auxílio será temporário, pago em doze parcelas mensais no valor de R$ 100 para famílias beneficiárias do Auxílio Brasil e R$ 300 para motoristas autônomos do setor de transporte de cargas e transporte individual (taxistas, motoristas e motociclistas de aplicativos)”, explica Vieira.

Dentre os 2,5 milhões de beneficiados com a medida estão 700 mil caminhoneiros autônomos no Brasil; 1,5 milhão de motoristas e motociclistas de aplicativos; e 300 mil taxistas.

A emenda do senador Alessandro Vieira foi incluída no PLP 11/20, aprovado em Plenário, que visa frear a alta dos preços dos combustíveis. Agora, a proposta segue para análise na Câmara dos Deputados.

Por: Laisa Bomfim/Ascom

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...