Senadora pede e governador conversa com representantes do Movimento Polícia Unida

50

Atendendo a pedido da senadora Maria do Carmo Alves (DEM), o governador Belivaldo Chagas (PSD) conversou, na casa da própria democrata, em Aracaju, com representantes do Movimento Polícia Unida que têm lutado por adicional de periculosidade para os policiais civis, militares e bombeiros militares do Estado de Sergipe. “Convidamos o governador que, de pronto, nos atendeu e ouviu as demandas desses importantes trabalhadores”, disse Maria.

Ela considerou legítima a reivindicação do pagamento de adicional de periculosidade. “É uma demanda extremamente justa, pois sabemos que esses profissionais estão expostos diariamente ao perigo e colocam em risco a própria vida, na defesa da sociedade”, argumentou a senadora por Sergipe.

Ao destacar a sensibilidade do governador, Maria do Carmo disse esperar, agora, que esse assunto esteja na pauta de prioridade para que haja o devido cumprimento legal. “O governador já conversou, sabe da necessidade e da legitimidade do pleito. Nada mais oportuno que estudar uma maneira de encaminhar o Projeto de Lei à Casa Legislativa para a devida análise dos deputados”, afirmou a democrata.

Todos os profissionais envolvidos no Movimento Polícia Unida se reunirão em assembleia geral unificada que ocorrerá, no início da tarde do no próximo dia 1º, no estacionamento do Teatro Tobias Barreto.

Fotos: Assessoria Parlamentar

Por: Lavínia/Ascom

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: