Sergipano se classifica para o Mundial de Kickboxing na Irlanda

SERGIPANO -KIKIBOX-OLANDACom quatro medalhas de ouro, três de pratas, quatro de bronze e uma vaga para o Mundial, o Estado de Sergipe foi bem representado na 25ª edição do Campeonato Brasileiro de Kickboxing, que ocorreu entre os dias 4 e 7 de junho, em Maringá, no Paraná.

As 11 medalhas credenciaram a delegação sergipana a conquistar a 10ª colocação de um total de 13 estados, sendo que Sergipe foi a menor em quantidade de atletas, seis lutadores e um técnico. Destaque para o Williames Chacal que conquistou o ouro no Full Contact (81kg) e uma vaga para o Mundial WAKO, da etapa da Irlanda, em Dublin.

 “A cada ano o Campeonato Brasileiro vem aumentando o nível técnico. Além disso, a quantidade de atletas tem aumentado, mesmo sendo longe como foi esse ano. Foram cerca de 900 atletas na disputa”, disse Chacal, que ainda conseguiu o bronze, na modalidade Light Contact (79kg).

Apesar do bom desempenho e da vaga garantida para lutar na capital irlandesa, o lutador teme não poder participar visto que não tem nenhum patrocínio e teve que custear as despesas para o Brasileiro. “A participação no Mundial só será possível com o apoio do Governo e do Município, ou empresariado local. Um título com reconhecimento nos cinco continentes só vem elevar o Estado no cenário nacional, Internacional e na região do Nordeste”, argumenta Chacal, que é presidente da Federação Sergipana de Kickboxing (FSKB).

Mais dois lutadores não têm patrocínio e arcaram com tudo do próprio bolso: Davi Bittencourt, ouro na modalidade Low kick (57kg) e Lougan Raphael, medalha de bronze no Low kick (71kg). Os outros atletas medalhistas foram Jhonatan Teles, com dois ouros, um na Point Fight (63kg) e na Light Contact, além de uma prata na Full Contact (63,5kg); Igor Danilo que obteve duas pratas: Full Contact (91kg) e Light Contact (89kg); e Ramon Rosendo que conquistou duas medalhas de bronzes: K1 rules (67kg) e Light Contact (69kg).

Além de classificar os atletas para o Mundial, o Brasileiro serve de ranking nacional por atleta e estado e é usado o mesmo para se classificar para Copa Brasil que acontecerá entre os dias 9 e 12 de outubro no Rio de Janeiro. E daí, sairão os classificados para o Sul-Americano em dezembro deste ano, em Santiago, no Chile.

O presidente da FSKB, Williames Chacal, ficou satisfeito pelo resultado obtido no Brasil e enfatiza que tem tido muita dificuldade, mas faz tudo com profissionalismo. “O trabalho está sendo feito aos poucos com transparência e continuo desde 2012. Venho preparando terreno para uma nova geração de kickboxing”, garante. “Estamos atuando e dando apoio administrativo nos municípios como Estância, Itabaianinha, Boquim e Tobias Barreto”, diz o presidente, acrescentando que na capital conta com seis equipes atuantes e há 9 anos desenvolve um trabalho social no projeto Escola Aberta do Governo Federal.

“A federação vem passando por grandes mudanças, buscando a excelência na formação de seus alunos, instrutores e professores, supervisionado diretamente pela Confederação Brasileira de Kickboxing (CBKB), sob a presidência do mestre Paulo Zorello”, diz Chacal, que agradece as secretarias de esporte, aos meios de comunicação e colaboradores. Mais informações através dos números: (79) 9165-0357 (WhatsApp) e 9800-2817.

Por: Kleber Santos

—————————————————————————————————————

LEGENDA:

Com a camisa preta e medalha de ouro no peito, Chacal segura a bandeira de Sergipe que tentará representar no Mundial em Dublin

CREDITO: Divulgação/FSKB

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: