Sergipe registra queda de 26% homicídios no primeiro trimestre de 2021

0 162
Foto: SSP-SE

Sergipe apresentou uma queda de 26% no número de mortes violentas decorrentes dos homicídios dolosos, em comparativo entre o primeiro trimestre de 2020 e o de 2021. O marco positivo foi identificado pela Coordenadora de Estatística e Análise Criminal (CEACrim), da Secretaria da Segurança Pública (SSP), e atestado pelo Monitor da Violência, publicação do portal de notícias G1 em parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP). A redução é fruto do trabalho integrado entre as polícias Civil e Militar, junto à Coordenadoria Geral de Perícias (Cogerp).

De acordo com o levantamento feito pelo Monitor da Violência, Sergipe aparece acima da média nacional. Enquanto a redução dos homicídios dolosos no país foi de 11%, Sergipe reduziu em 26% a incidência desse crime contra a vida. Ainda conforme a publicação, cinco estados tiveram alta na quantidade de ocorrências desse crime, sendo três deles no Nordeste – Maranhão, Paraíba e Piauí – e dois no Norte – Pará e Roraima. Em Sergipe, no período entre os meses de janeiro e março, foram preservadas 56 vidas.

Segundo os dados da CEACrim, a cidade que apresentou a maior redução na incidência de homicídios dolosos em Sergipe foi Nossa Senhora do Socorro, localizada na Região Metropolitana da capital. No município, enquanto ocorreram 29 homicídios no primeiro trimestre de 2020, no mesmo período deste ano, foram registradas 20 mortes. Em segundo lugar, Aracaju apresentou queda de 61 para 53 casos. Em seguida, a cidade de Itabaiana teve retração de 12 para quatro ocorrências.

O secretário da segurança pública, João Eloy de Menezes, atribuiu a redução no número de homicídios à intensificação de ações e operações integradas entre as polícias Militar e Civil, com o auxílio da Cogerp. “Sem dúvida nenhuma, essa queda é fruto do planejamento da SSP, que tem atuado fortemente no combate à criminalidade em todo o estado de Sergipe. Nosso maior objetivo é preservar vidas. Cada redução no número de homicídios merece comemoração, mas sem esquecermos que ainda temos que continuar trabalhando diuturnamente para obtermos novas reduções”, evidenciou.

João Eloy de Meneses reiterou que as forças de segurança não pararam durante a pandemia da Covid-19 e, com o aumento da vacinação dos integrantes das instituições, as ações serão ainda mais fortalecidas para garantir o direito à vida da população sergipana. “Estamos atuando em diversas linhas de frente do combate à criminalidade. Continuamos nas ações e operações nas ruas de todo o estado contra os grupos criminosos que atuam no tráfico de drogas, roubos e furtos, e também nas ações de enfrentamento à Covid-19 em todo o estado”, finalizou.

Com Informações: Secretaria de Segurança Pública de Sergipe

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...