Serviço de Assistência Psicológica Remota atendeu a 1,3 mil pessoas em dois meses

Campanha de informação e orientação à população sobre a Covid-19 (06)

Desde o dia 6 de abril que a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), oferta o Serviço de Apoio Psicológico Remoto à população ou profissional de saúde, em razão da pandemia da covid-19. O objetivo é atuar como uma voz acalentadora devido aos fatores estressores associados à pandemia, como ansiedade, medo, preocupação intensa com a saúde e de familiares que podem ter sido expostos ao coronavírus, além de mudanças no padrão do sono e alimentação, aumento do uso de álcool, tabaco e outras drogas.

Até o dia 12 de junho, foram 1.297 atendimentos, sendo que, desses, 73,7% são pessoas do sexo feminino; 345 pessoas com idades entre 31 e 40 anos; 353 pessoas acima de 50 anos; e os bairros e localidades com mais registros de ligações são o Santa Maria (94), Zona de Expansão (75), Farolândia (65), São Conrado (64), Luzia (51), Coroa do Meio (34) e Bugio (29). Entre os principais motivos relatados para as ligações, destacam-se: ansiedade (14), medo (10), sono irregular (7,7), e informações sobre a covid-19 (4,6).

O atendimento de segunda a sexta funciona através do 0800 729 3534, e aos sábados pelo 3304 3599, sempre das 8h às 20h. Ao ligar, o cidadão tem sua chamada repassada para um dos 20 psicólogos que compõem a Rede de Atenção Psicossocial (Reap), dentre profissionais da SMS e residentes da UFS.

O Serviço de Apoio Psicológico Remoto é mais uma de tantas ações emergenciais implementadas pela Prefeitura de Aracaju no enfrentamento ao novo coronavírus. A gestão municipal tem atuado em distintas frentes, de forma planejada, para cuidar da população e controlar a curva de contágio do vírus.

“A Secretaria Municipal de Saúde, visando ampliar os canais de apoio psicológico e escuta qualificada, propôs a criação do serviço de apoio psicológico remoto para atendimento à população em geral, bem como trabalhadores dos serviços de saúde. O serviço de atendimento psicológico é um suporte disponibilizado a fim de contemplar e gerar canais de cuidado em saúde”, explica a coordenadora do Serviço de Apoio Psicológico Remoto, Chenya Coutinho.

Papel importante

A psicologia, no entendimento de Chenya Coutinho, tem um papel importante no trabalho de educação em saúde mental, garantindo primeiros cuidados para a população que, devido à pandemia, passa por diversas situações geradoras de estresse. “Para prevenção e, ainda, para ações psicoeducativas relacionadas às mudanças comportamentais e às questões relacionais e comunitárias, especialmente na Atenção Básica do SUS. Há um importante papel da psicologia no acolhimento ao contexto geral de ansiedade e preocupação da população, ressaltando a importância das fontes oficiais e especializadas”, diz.

Conforme a coordenadora, fatores que desestabilizam o ser humano se relacionam a situações que evidenciam a falta de controle nos acontecimentos. “A ausência do toque, a falta da proximidade dos corpos trazem uma sensação de isolamento, de falta de suporte; são situações que afetam as pessoas emocionalmente e podem alterar sua saúde mental, assim o serviço de apoio psicólogico remoto visa garantir esse primeiro cuidado, com orientações e escuta ativa dos sujeitos”, detalha.

Estratégico

Chenya Coutinho conta que estudos com base na experiência de outros países também afetados pela covid-19 mostram a relevância da implantação de serviços estratégicos de atenção psicossocial, baseados em evidências, como forma de redução do estresse e sofrimento intenso com o objetivo de prevenir agravos mentais futuros.

“Desta forma, a implantação deste serviço tem fundamental importância para o atendimento integral da população no enfrentamento à pandemia e no pós pandemia. O serviço garante a confidencialidade das ligações e um atendimento acessível. A ligação é gratuita e aberta a toda população aracajuana. Qualquer pessoa pode ligar. Caso seja um caso que demande atendimento de urgência ou presencial, a pessoa é encaminhada ao Centro de Atenção Psicossocial de referência ou a urgência mental do hospital São José”, conclui.

Foto: Michelle Cristianne / Ascom – PMA

Reprodução: www.imprensa1.com

Por: Tirzah Braga /Diretora de Imprensa -PMA

Secretaria Municipal da Comunicação/Prefeitura de Aracaju

(79) 4009-7878/ 98106-6840

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: