SINDIJOR lamenta o falecimento do jornalista “Jason Neto”

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Sergipe (SINDIJOR-SE), entidade de classe que representa os Jornalistas e o Jornalismo em Sergipe, lamenta a morte precoce do jornalista Jason Neto, ocorrida na manhã desta terça-feira, 02.

Jason Neto sofreu um princípio de infarto na casa dele após tomar café na companhia da esposa. Ele estava no primeiro mandato de vereador, chegou a ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Sergipe (Samu), mas não resistiu.

O jornalista Jason Neto, que tinha 51 anos, era filiado ao SINDIJOR e fez parte da primeira gestão do presidente Paulo Sousa. Ele era irmão do deputado federal Fábio Henrique (PDT) e do vice-prefeito de São Cristóvão, Adilson Júnior (PSD).

Formado em Jornalismo pela UNIT, Jason Neto era servidor público de carreira do Ipes, onde exercia o cargo de assessor de imprensa. Muito querido pelos colegas de profissão, tinha uma atuação firme em defesa do Jornalismo.

Jason Neto foi o autor do projeto de lei que estabelece 7 de Abril como o Dia do Jornalista, bem como um dos defensores do concurso público para jornalistas na Câmara Municipal de Aracaju, além do apoio ao projeto da meia entrada para jornalistas e outros profissionais da comunicação em eventos culturais e esportivos.

O SINDIJOR lamenta a morte do profissional de imprensa, se solidariza com os familiares e deseja força para que todos superem este momento de profunda dor.

SINDIJOR

Em Defesa dos Jornalistas e do Jornalismo

Fotos/Divulgação

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: