Imprensa1
Site de notícias do jornalista radialista Marcos Couto

SMS realiza oficina para profissionais do CTA

Foto-capsOs profissionais da Prefeitura de Aracaju que atuam no combate e prevenção às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), tiveram um dia diferente nesta sexta-feira, 21 de julho.

Cerca de 20 profissionais do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), participaram de uma oficina no Centro de Educação Permanente da Saúde (CEPS).

O evento faz parte das atividades de capacitação promovidas pela SMS e abordou o tema ‘Aconselhamento’. A facilitadora Patrícia Fonseca, que atua no Centro Estadual Especializado em Diagnóstico, Assistência e Pesquisa da Bahia (SESAB/BA), falou sobre os cuidados para melhor acolher os pacientes portadores de DST.

“Promover o aconselhamento é reduzir os danos e riscos. Através da oficina, pudemos sensibilizar diversos profissionais, alertando para pontos de vulnerabilidade. O aconselhamento para as DST/AIDS é um processo de diálogo entre o profissional de saúde e o usuário do serviço sobre suas experiências de vida, dos riscos de contaminação do HIV e das possibilidades de adotar medidas preventivas”, explicou a facilitadora.

Prevenção Para Andrey Lemos, coordenador do Programa de DST/Aids e Hepatites Virais do município, a oficina foi um passo fundamental no fortalecimento das ações de prevenção e promoção em saúde.”Essa foi uma ação estratégica da SMS para ampliar e facilitar o acesso da população aos serviços de diagnóstico e prevenção de doenças sexualmente transmissíveis”, afirmou Andrey Lemos.

A gerente do CTA, Eliane Chagas, avaliou o encontro como positivo. “Esse encontro atendeu ao desejo de todos que atuam aqui no Centro. Com o aconselhamento bem realizado, podemos interagir melhor com os usuários e, inclusive, orientar sobre prevenção e tratamento”, disse a gerente.

Diagnóstico Através do CTA, que fica no Cemar Siqueira Campos, a Prefeitura de Aracaju oferece gratuitamente o acesso ao diagnóstico e a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, com testes para HIV, sífilis e hepatites B e C. O serviço funciona das 07h às 17h, de segunda a sexta-feira.

O atendimento ao público no CTA é sigiloso e oferece, a quem realiza o teste, a possibilidade de ser acompanhado por profissionais de saúde que orientam sobre o resultado final do exame, independente dele ser positivo ou negativo.

Quando os resultados são positivos, os profissionais do CTA são responsáveis por encaminhar as pessoas para tratamento nos serviços de referência. Serviços Para os casos de sífilis o tratamento é realizado nas Unidades de Saúde de Família. Se o paciente tiver hepatite, ele é encaminhado para o Hospital Universitário, que é referência em Aracaju.

Já o tratamento dos pacientes portadores do vírus HIV/Aids é feito no Serviço de Atendimento Especializado a Pessoas Vivendo com HIV/Aids, que fica localizado no Cemar Siqueira Campos.

Fonte: http://www.aracaju.se.gov.br

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...