Socorro realiza cadastro de produtores rurais

socorro_cadastroIncentivar o desenvolvimento da agricultura familiar. É com essa proposta que a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, por meio da Secretaria de Agricultura, realizou nesta terça-feira, 16, o cadastro de produtores rurais na Escola Municipal José Ferreira Neto, na Bita.

Em parceria com a Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), a iniciativa do cadastramento visa beneficiar produtores rurais que tenham interesse em adquirir empréstimo no Banco do Nordeste. Segundo Carlos Valério Lafayette, assessor técnico e engenheiro agrônomo da Secretaria de Agricultura, as comunidades rurais de Socorro terão oportunidade de melhorar a produção.

Com a premissa de buscar a melhoria da qualidade de vida dos produtores por meio de uma maior renda nas propriedades, os técnicos da secretaria estão prontos para dar o suporte necessário. “O papel nesse momento é tentarmos de alguma forma desenvolver o projeto para aquisição financeira. Iremos elabora-lo nos moldes exigido pelo banco, além disso, vamos diretamente em todas as propriedades dar uma capacitação inicial e depois fazer uma assistência técnica continuada com esses produtores”, conta Carlos Valério.

A expectativa é que 60 famílias, que sobrevivem de propriedade rural, busquem a oportunidade na Bita. De acordo com Aldira Beatriz Barroso Costa Siqueira, engenheira agrônoma da Emdagro, só pode participar o cadastro a pessoa física que provar ser agricultor, morar na propriedade e viver da renda. “O produtor já deve estar dentro do Programa Nacional de Desenvolvimento da Agricultura Familiar (PRONAF). E com o cadastro de hoje vamos analisar e emitir a Declaração de Aptidão Pronaf (DAP). Só com esse documento, o agricultor se torna apto a conseguir o empréstimo junto ao banco”, informa acrescentando que o mesmo trabalho também vem sendo desenvolvimento em Laranjeiras, Divina Pastora, Santa Rosa de lima e Riachuelo.

Para o agricultor José Lourenço, o dinheiro do empréstimo ajuda a melhorar a produção. “Eu já consegui dinheiro para comprar gado. A Prefeitura me ajudou há dois anos e até hoje consigo me manter com os bois. Agora vim buscar apoio para construir um curral”, diz.

A ação que propicia aumento da capacidade produtiva, geração de empregos e melhoria de renda acontece semanalmente em locais onde possui agricultura familiar. “Essa semana na Bita, a próxima será Lavandeira, depois Oiteiro, Quissamã, seguindo até povoado Aratu”, detalhou Carlos Valério.

Fonte: ANS

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: