SSP de Sergipe firma parceria com a Universidade Federal para agilizar investigações forenses

Assinatura do Contrato entre UFS e SSPUm termo de cooperação técnica assinado entre a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) e a Universidade Federal de Sergipe (UFS) irá garantir mais rapidez e eficácia nas investigações forenses do Estado. Isso porque, a partir de agora, professores e estudantes da UFS interessados em desenvolver pesquisas na área poderão atuar em parceria com peritos oficiais designados pela SSP.

Os profissionais terão à sua disposição toda a estrutura do Instituto de Análise e Pesquisas Forenses (IAFP), que está sendo estruturado e contará com sete laboratórios, onde os exames periciais serão feitos. Atualmente estes exames são realizados, em sua maior parte, no Estado da Bahia e em Brasília.

Assinatura do Contrato entre UFS e SSPSerá montada uma equipe integrada com membros das duas instituições que terá como objetivo avançar na pesquisa forense e científica de Sergipe. Dessa forma, o Estado poderá se tornar autossuficiente na realização de exames periciais.

Para o secretário de Segurança Pública, Mendonça Prado, o convênio assinado é mais uma demonstração do compromisso e da parceria entre a SSP e a UFS. “Admiro muito o trabalho e a visão administrativa do professor Angelo Antoniolli e estreitar as nossas relações, que já são muitas, só irá trazer benefícios para o povo sergipano”, reforçou.

Para o reitor Angelo Antoniolli, o convênio com a SSP aproxima a Universidade dos setores públicos competentes no que diz respeito à segurança. Ainda segundo ele, o desenvolvimento da expertise na área abre espaço no mercado de trabalho para este segmento que ainda é incipiente. “Para a Universidade é importante que tenhamos esse tipo de inteligência à disposição da sociedade, discutindo tudo isso com o Estado”, avaliou.

Adelino Lisboa, diretor da Coordenadoria Geral de Perícia (Cogerp), frisou que todos os equipamentos do IAFP já foram adquiridos. “Estamos apenas esperando a nomeação do pessoal que encerrou o curso de formação recentemente para ocuparmos a nova sede do IAPF, que fica ao lado do campus de São Cristóvão. Vai ser possível, portanto, que os alunos e os professores da UFS nos acompanhem nos exames forenses, já que temos alguns desafios e juntos podemos alcançar as soluções”, destacou Adelino.

 

Por: Assessoria de Imprensa da Reitoria

Fotos: Luiz Valério

 

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: