Suspeito de atear fogo na esposa grávida de cinco meses é preso pelo DAGV

No início da tarde desta sexta-feira, dia 05, a polícia civil de Sergipe através de uma equipe do DAGV, conseguiu prender no Bairro Atalaia em Aracaju, José Weverton dos Santos Silva, suspeito de atear fogo na sua esposa grávida de cinco meses, Emilly Rione Fagundes de Lima, de 18 anos, no dia 07 de outubro deste na, no Bairro Coroa do Meio, zona sul da capital sergipana.

O suspeito estava trabalhando em posto de lavagem, como se nada houvesse acontecido. Pois, segundo relatos ditos por ele no dia do crime,  a esposa estaria perto do fogão fazendo comida, quando veio a se queimar. Mas, a polícia não engoliu essa versão dita por ele e no trabalho investigativo, foi descoberto que José Weverton teria jogado álcool em gel em cima da companheira e depois tocado fogo.

Depois de muitas insistência de seus familiares para que contasse a verdade, Emilly decidiu revelar o que realmente a aconteceu na manhã do dia 07 de outubro.

Segundo informações de uma fonte do Portal Imprtensa1, a vítima que está gravida de cinco meses, disse aos atendentes do SAMU e aos seus familiares que tinha brigado com o seu companheiro e quando estava próximo ao fogão, tinha se queimado.

Com quase 60% do seu corpo queimado e grávida de cinco meses, Emilly Rione Fagundes de Lima, permanece internada em um hospital em Aracaju e não corre o risco de morrer.

Mais detalhes, daqui a pouco.

Por: www.imprensa1.com

Fotos: família da vítima

 

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...