Usuários avaliam positivamente as Farmácias Populares

Farmácia_Popular_divulgaçãoAs três Farmácias Populares gerenciadas pelo governo do Estado, através da Fundação Estadual de Saúde, foram avaliadas positivamente pelos usuários do serviço. No mês de setembro, as unidades de Estância, Propriá e Nossa Senhora da Glória aplicaram, cada uma, 200 questionários.

“Essa iniciativa faz parte do processo de gestão. É um modo de a gente avaliar como está a nossa prestação de serviço”, contou a coordenadora Estadual das Farmácias, Cristiane Trindade.

Entre os quesitos, os usuários avaliaram a atuação de toda a equipe e dos processos que fazem parte da rotina de trabalho da unidade, como a dispensação dos medicamentos, atendimento, orientação e disponibilidade dos profissionais farmacêuticos.

“Gosto de como sou tratado aqui. Venho todo mês buscar medicamento e faço acompanhamento com a farmacêutica, que me explica tudo o que preciso saber, como qual o melhor horário de tomar o remédio”, disse Zózimo Santos, pedreiro de Propriá, que, além de buscar medicamento para o tratamento do diabetes, é usuário do serviço de cuidados farmacêuticos.

As Farmácias Populares, que têm ampliado o acesso da população sergipana aos medicamentos indicados ao tratamento das doenças que mais acometem os brasileiros, realizaram, entre os meses de maio e setembro de 2014, mais de 22 mil atendimentos e dispensaram 17.272 medicamentos. Nessas unidades, além de adquirir medicamentos a baixo custo, são oferecidos, gratuitamente, medicamentos indicados ao tratamento da Asma, Hipertensão e Diabetes.

Além da dispensação de medicamentos, as Farmácias ainda realizam os serviços de cuidados farmacêuticos, uma iniciativa que atua na prevenção, identificação e resolução de problemas relacionados à farmacoterapia, com o objetivo de identificar os resultados clínicos negativos que podem ocasionar a não eficácia do tratamento e até mesmo o surgimento de efeitos colaterais. “Apesar de ser relativamente novo, os resultados têm sido satisfatórios. Ao longo desses meses, foram realizados mais de 16 mil procedimentos dos serviços de cuidados farmacêuticos”, contabiliza Cristiane Trindade.

Fonte: ASN

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: