Vacina contra o HPV ainda está disponível e é extremamente importante

medico-saudeA Secretaria Municipal de Saúde (SMS) está disponibilizando a segunda dose da vacina contra o HPV. A dose da vacina que está sendo oferecida desde o dia 1º de setembro em todas as 43 unidades da saúde da família, é de extrema importância no combate aoPapilomavírus humano (HPV), além de proteger contra o câncer de colo de útero, adquirido também através do HPV.

A segunda dose da vacina é a de maior importância. Ela confere 80% de imunidade, sendo essa segunda etapa da vacinação a considerada “dose imunizante”. Após esta etapa, a próxima vacina só será dada cinco anos depois. Ainda não foi possível estender a vacinação para as escolas devido às demandas das unidades, então é preciso que os pais não esperem, levem suas filhas para a Unidade de Saúde da Família (USF) mais próxima da sua residência.

Para receber a segunda dose da vacina, deve-se ter entre 11 e 13 anos e apresentar-se em qualquer USF, portando documento com foto e o cartão de vacinação comprovando que já tomou a primeira dose da vacina.

Primeira dose

Segunda à coordenadora do programa municipal de imunização. “Cerca de 11 mil meninas na faixa etária entre 11 e 13 anos receberam a primeira dose da vacina, alcançando assim a meta mínima de 80% de meninas vacinadas. Para quem ainda não recebeu a primeira dose da vacina, ela estará disponível ate dezembro deste ano, sendo obrigatória para continuar no programa de prevenção. Para receber a vacina deve-se levar documento de identidade com foto a qualquer Unidade de Saúde da Família”, afirma a coordenadora.

Equívocos com relação à vacina

Movimentos contra a vacina, recentemente vem promovendo notícias falsas, a fim de difamar o ato de prevenção, pois relacionam a vacina a uma permissividade relativa ao sexo, porém isso não é verdade. Tomar as vacinas contra o HPV não tem nenhuma relação com isso, a doença não é só transmissível por sexo, é transmitida também pelo contato direto com a pele.

A vacina disponibilizada protege contra quatro subtipos do HPV, sendo dois deles responsáveis por 70% dos casos de câncer de colo de útero, tornando assim a dose de extrema importância para todas as meninas na idade requerida.

Fonte: PMA

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: