Vereador afirma que lugar de Dilma e Lula é no presídio da Papuda

AgamenonO vereador Agamenon Sobral (PP), usou o Grande Expediente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), nesta quarta-feira, 8/10, para pedir ao eleitor que faça uma reflexão e analise o perfil dos dois candidatos à Presidência da República. Segundo o parlamentar, o poder de mudar o destino do País está nas mãos do eleitor, através do voto.

Agamenon ressaltou que tem usado a Tribuna do Parlamento Municipal para alertar aos eleitores da importância do voto consciente. “O povo reclama que não tem Saúde, Segurança e Educação. Se não tem nada isso, ainda vai votar em quem construiu toda essa desgraça? Tem que passar mais quatro anos no sofrimento porque falta tudo isso e o eleitor é o único culpado, tendo em vista que o político só se elege por quatro anos. Se passa quatro anos e não justifica o seu voto, você o tira na eleição”, desabafou.

De acordo com Agamenon, uma prova de que o povo vota errado está no fato da presidente Dilma Rousseff (PT), está disputando o segundo turno. “O lugar dela e do chefe da Quadrilha, Lula, é no presídio da Papuda. Vivemos no país da corrupção e o eleitor é o maior culpado”, frisou. Para o vereador, a população já se acostumou com a prática de corrupção. “Você chega para pedir o voto e ouve que todo político é ladrão e corrupto, mas o eleitor é ainda mais porque pede dinheiro para votar”, ressaltou.

Em aparte, o vereador Renilson Félix (DEM) afirmou que concorda com o pronunciamento do colega. “O povo brasileiro deu a resposta, principalmente no Sul do País que ficou calado e no momento certo deu a resposta. Em São Paulo, local de fundação do PT, Aécio Neves (PSDB) teve 35% dos votos, uma diferença de mais de cinco milhões de votos”, frisou.

Edvaldo Nogueira

Agamenon aproveitou o seu pronunciamento para rebater o discurso da vereadora Lucimara Passos (PCdoB), que usou a Tribuna da Casa para ressaltar que o seu candidato a deputado federal, Edvaldo Nogueira, saiu vitorioso da campanha, mesmo não conseguindo se eleger.

“O cidadão foi prefeito, saiu do mandato há menos de dois anos e teve 23 mil votos. Só em Aracaju, são 329.531 eleitores. Ele não teve nem 10% dos votos”, ironizou. Agamenon ressaltou que campanha vitoriosa foi da vereadora Daniela Fortes (PR), que também foi candidata a deputada federal. “Ela nunca foi prefeita e teve, em Aracaju, 12.696. A senhora sim é uma vitoriosa”, completou.

Por Bruno Almeida

Foto: Acrisio Siqueira

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: