VÍDEO: Irmã e cunhado que mataram Verônica permanecem presos em delegacias

O casal suspeito de planejar e assassinar, Verônica Elisiane Barbosa Mesquita, de 23 anos, “Mel Mesquita” como era conhecida carinhosamente, permanecem presos em delegacias localizadas em Aracaju. Everton dos Santos Costa (cunhado da vítima)  está na 4ª DM no Bairro Farolândia e Elissandra de Jesus Oliveira ( irmã de Verônica), está na 2ª Delegacia Metropolitana, localizada no Bairro Getúlio Vargas, também em Aracaju.

Os dois foram presos pela Policia Militar de Alagoas e a Polícia Civil de Sergipe, no final da tarde da segunda-feira, dia 15, no município alagoano de Penedo, próximo ao ponto de embarque da balsa que faz a travessia ALAGOAS/SERGIPE. Na Central de Flagrantes em Aracaju eles foram ouvidos e no dia seguinte (16/11) passaram por audiência de custódia  no Fórum no município sergipano de Areia Branca.

Como não foi uma prisão em flagrante, o casal prestou esclarecimentos a justiça que em seguida concedeu a polícia sergipana o direito de permanecer com a custódia deles até o termino do inquérito policial, que apura o assassinato covarde praticado contra “Mel Mesquita”. Que dentro de um taxi, teria sido golpeada por arma branca e logo depois, parte do seu corpo foi carbonizado em matagal “Cafuz”, do Povoado Pedrinhas em Areia Branca-SE.

Segundo a polícia, a motivação seria questões financeiras / agiotagem ( CLICK AQUI  para saber mais ).

Com EXCLUSIVIDADE o Portal Imprensa1 e com a colaboração de SANDOVAL NOTÍCIAS “ Sandoval Siqueira, o casal foi flagrado indo para custódia e ambos foram questionados pelo repórter Marcos Couto ( Radialista e Jornalista) do Imprensa1.

Veja como foram as reações dos suspeitos e o que disseram.

Deixe uma resposta

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...